• Hoje é: sexta-feira, setembro 21, 2018

Marina Silva avalia melhor forma de contribuir em 2018

Guilherme Siebeneichler
outubro30/ 2017

Porta-voz nacional da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, esteve no Rio Grande do Sul nesta semana e cumpriu uma série de agendas com filiados e diferentes setores da sociedade. Durante encontro estadual do partido no sábado pela manhã, em Porto Alegre, a ex-senadora disse estar concluindo sua reflexão junto à sociedade sobre a melhor forma de contribuir com as eleições presidenciais de 2018. “Logo, logo, estarei concluindo esse processo.”

A presidenciável destacou que o momento é de debater propostas para a construção coletiva do Brasil almejado por sua população. “O melhor caminho para o Brasil é que se faça o debate e não o embate.” Nesse sentido, criticou a campanha violenta e baseada na disseminação do medo feita em 2014, quando os candidatos da polarização PT X PSDB não se preocuparam em apresentar um plano de governo.

“Com um cheque em branco, ganharam a Presidência da República de um país que tem 206 milhões de brasileiros. Com um cheque em branco, eles, a Dilma e o Temer, depois que ganharam, acharam que podiam fazer do Brasil o que quisessem.”

CHIMARRÃO PARA MARINA

Os filiados da Rede Sustentabilidade de Venâncio Aires participaram de agendas com Marina na sexta-feira e no sábado. No encontro estadual do movimento, a ex-senadora foi presenteada com uma lembrança da Capital do Chimarrão: uma cuia personalizada, acompanhada de uma bomba e de um pacote de erva-mate de uma empresa ervateira local; entregues pela vereadora Tata Haussen, que esteve acompanhada do seu assessor Alan Faleiro e da porta-voz municipal da Rede, Leticia Mantovani.

Já na sexta, o porta-voz Henrique da Silva, o partidário Jeferson Ferreira e Alan Faleiro participaram de evento com a temática “Os desafios da Sustentabilidade: A contribuição dos cristãos para o desenvolvimento sustentável”, realizado na Sociedade de Ginástica Porto Alegre (Sogipa). Além disso, a passagem de Marina Silva pelo Rio Grande do Sul incluiu palestra na Unisinos, em São Leopoldo; visitas ao seu amigo e conselheiro Pedro Simon, à presidente da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga – Vida Urgente, Diza Gonzaga; aos meios de comunicação de Porto Alegre, entre outras atividades.