• Hoje é: sábado, dezembro 15, 2018

Mais de mil pessoas passaram pelo Museu no ano passado

Olá Jornal
julho16/ 2018

Assim como muitos museus do país, o número de visitantes no “Museu de muitos donos” em 2017, aumentou. No total 1488 pessoas foram prestigiar as exposições realizadas durante o ano todo.
Segundo o diretor Flávio Luiz Seibt, o número é consideravelmente alto. “Muitas pessoas passam por aqui, mas nem todas assinam o livro de presença, então o número pode ser ainda maior do que este. Além disso, não temos presente na nossa cultura o costume de ir em Museu e por isso o número é considerável alto”, comenta.
Conforme Seibt, novas ideias estão sendo trabalhadas para fazer com que a comunidade visite mais o Museu. “Queremos estimular com que as pessoas participem das nossas atividades e visitem exposições realizadas aqui, pois isso faz parte da história delas e do município”.
O Museu possui um acervo com cerca de 80 mil peças, que são depositadas no terceiro andar, que acabou sendo transformado em depósito, reduzindo assim o espaço utilizado para exposições.

EXPOSIÇÕES
No momento, o Museu está com uma exposição em homenagem a trajetória do ex- deputado estadual Gleno Ricardo Scherer, que disponibilizou uma emenda parlamentar de R$ 200 mil para a compra do Edifício Storck em 1998.
Nesta quinta-feira, 12, Scherer realizou uma visita ao Museu e acompanhou a exposição em sua homenagem. Segundo Seibt, o ex – deputado estadual elogiou o espaço, a organização do local e o trabalho lá desenvolvido.
Novas exposições estão sendo planejadas pelo Núcleo de Cultura de Venâncio Aires.

PROJETO
De acordo com Seibt, está sendo realizado um projeto para restauração total do prédio do Museu. “Uma equipe especializada em prédios antigos de Porto Alegre está trabalhando nisso, mais ainda não sabemos o valor da obra e nem se ela vai ser autorizada, apenas estamos nos organizando e fazendo o levantamento do que precisa de manutenção”, explica.

LEI ROUANET
O Museu possui uma projeto aprovado para a captação de recursos através da Lei Rouanet. O projeto prevê a manutenção das peças que fazem parte do acervo do Museu.
Conforme Seibt, já foram captados R$ 440 mil. “Ainda restam R$ 200 mil para a realização do projeto, mas no momento estamos sem autorização para a captação de recursos”, explica.

BRASIL
O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) verificou, com a aplicação de seu Formulário de Visitação Anual (FVA) em 2017, que os museus brasileiros participantes da pesquisa receberam 32.239.871 visitantes no ano passado. O número corresponde ao total do público contabilizado entre os 1.001 museus que informaram realizar a contagem do público, dentre as 1.081 respostas válidas.
Em sua quarta aplicação, esse foi o maior número já contabilizado pelo Formulário de Visitação Anual. Em 2016, o FVA contabilizou um total de 28.594.539 visitas, distribuídas em 919 museus que informaram realizar a contagem de seu público.