• Hoje é: sexta-feira, setembro 20, 2019

Lançamento da Década da Agricultura Familiar mobiliza Câmara dos Deputados

Olá Jornal
setembro11/ 2019

O plenário da Câmara parou na manhã desta quarta-feira (11) para o lançamento no Brasil da Década da Agricultura Familiar 2019-2028 durante comissão geral presidida pelo deputado Heitor Schuch (PSB/RS). Coordenador da Frente da Agricultura Familiar, o parlamentar destacou o objetivo da Década, instituída pela ONU, de valorizar a agricultura familiar em todos os países e impulsionar o desenvolvimento sustentável, desafiando os governos a colocá-la no centro das políticas de segurança alimentar.

O evento teve a presença de lideranças políticas e rurais, como o presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva, o deputado Elton Weber, representando a Assembleia Legislativa gaúcha, e representantes das principais entidades mundiais do setor: FAO, Fida, Coprofam, IICA e Contag, além de instituições de pesquisa. O presidente do Sicredi Vale do Rio Pardo, Heitor Petry, também foi painelista. O deputado Schuch aproveitou o evento para entregar uma placa em homenagem aos 100 anos do Sicredi.“A ideia é que nos próximos dez anos o mundo todo se conscientize para a importância do incentivo à agricultura familiar, e os países adotem políticas públicas para garantia de renda, sucessão rural e produção sustentável e ao mesmo competitiva na pequena propriedade”, afirmou Schuch, lembrando que no Brasil os agricultores familiares produzem 75% dos alimentos mesmo dentendo somente 20% da área de terras.

Paralelamente à comissão geral, do lado de fora do plenário, no Salão Verde, foi montada uma exposição com produtos coloniais, mostrando a diversidade de alimentos vindos do campo:   pães, cucas, geleias, salames, queijos, sucos, verduras, frutas e grãos. Ao final do evento, os deputados e lideranças participantes realizaram um ato de assinatura e,m um dos painéis da mostra, como forma de comprometimento com as propostas da ONU para a Década.

O que é:

Com o apoio de 106 países, a Década da Agricultura Familiar foi lançada mundialmente pela ONU na Itália, no mês de maio, e na América Latina, em agosto, na República Dominicana. No Brasil, a intenção é que até o final de 2019 sejam promovidos eventos de divulgação nos 26 estados brasileiros e Distrito Federal e no maior número possível de municípios. Conforme Schuch, se todos os países trabalharem juntos nos próximos dez anos é possível construir um plano global para fortalecer a agricultura familiar, permitindo que os jovens permaneçam no campo. Entre os desafios a serem vencidos estão as disputas comerciais, as barreiras impostas pelas nações mais ricas, as grandes corporações que impõem seu modelo de produção e a necessidade e políticas públicas de apoio ao setor, entre outros.

CRÉDITO: AI Heitor Schuch/PSB