• Hoje é: sexta-feira, setembro 20, 2019

Iro Schünke é reeleito presidente do SindiTabaco

Olá Jornal
agosto31/ 2018

O Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) realizou eleições da diretoria nesta sexta-feira, 31 de agosto, em Santa Cruz do Sul (RS). Reeleito para o quinto mandato consecutivo, Iro Schünke, continua à frente da entidade nos próximos três anos. A chapa única integra ainda representantes de diferentes empresas associadas à entidade.

Segundo Schünke, o SindiTabaco tem atuado muito na sustentabilidade da cadeia produtiva, na maior visibilidade da importância econômica e social do setor e no acompanhamento dos assuntos regulatórios, especialmente aqueles relacionados com a Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT). Atualmente, a entidade representa os interesses comuns de 15 empresas.

O Brasil é o 2º maior produtor e o 1º no ranking mundial de exportações de tabaco há 25 anos. No ranking agrícola brasileiro, o tabaco ocupa a 6ª posição em exportações – com divisas que ultrapassam os US$ 2 bilhões – e a 10ª colocação em receita – com rendimentos que superaram os R$ 6 bilhões na última safra. “Temos servido de modelo para o agronegócio, sendo peça econômica e social relevante, em especial para a Região Sul, responsável por 99% da produção brasileira. Nossa atuação tem sido marcada pelo pioneirismo e inovação em diferentes áreas e é nesse sentido que pretendemos continuar trabalhando”, reforçou o executivo.

GESTÃO 2018-2021

DIRETORIA
Iro Schünke, Edenir Gassen, Daniel de Moura Barbosa, Valmor Thesing, Roberto Naue,
Carlos Roberto Vieira Palma, Felipe Bremm
Suplentes: Flavio Marques Goulart, Flávio Lucas Goettert, Guatimozin de Oliveira Santos Filho, Heitor Celso Kipper, Lucas Sartori e Wilson Klemann

CONSELHO FISCAL
Adelir Legramanti; Ronaldo Boettcher e Vernei Lamartes Oberbeck
Suplentes: Ingo Arnaldo Fischborn e Oziel Claus Kohn

DELEGADOS REPRESENTANTES
Iro Schünke e Carlos Roberto Vieira Palma
Suplentes: Felipe Bremm e Flavio Marques Goulart

SOBRE O SINDITABACO – Para garantir a sustentabilidade do setor e representar os interesses comuns das indústrias de tabaco, foi fundado em 1947, em Santa Cruz do Sul (RS), o Sindicato da Indústria do Fumo, posteriormente denominado Sindicato da Indústria do Tabaco da Região Sul do Brasil – SindiTabaco, e que, em 19 de julho de 2010, estendeu sua base territorial para o Brasil, com exceção dos estados da Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo, passando à denominação de Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco.

CRÉDITO: AI Sinditabaco

FOTO: Junio Nunes