• Hoje é: segunda-feira, agosto 19, 2019

Inter atropela o Juventude e é hexa

Janine Niedermeyer
maio08/ 2016

É HEXACAMPEÃO! O Internacional goleou o Juventude por 3 a 0 na tarde deste domingo, no Beira-Rio, e conquistou o sexto título estadual seguido, fato que não ocorria há 42 anos. Sasha, Paulão e Gustavo Ferrareis marcaram os gols. No placar agregado dos dois jogos, o Colorado venceu por 4 a 0, mostrando toda a sua superioridade. Esta é 20º taça conquistada em 15 anos e o 45º título estadual da história do Campeão do Mundo.

Sasha abre o caminho da vitória

A finalíssima começou em ritmo cadenciado e com forte marcação. Ambos os times procuravam não se expor, deixando o jogo concentrado no meio-campo. Porém, o Inter tinha mais iniciativa ofensiva e criou a primeira chance, aos 2min: Artur foi à linha de fundo e fez o cruzamento para Andrigo desviar de cabeça à direita do gol.

A alegria tomou conta do Beira-Rio aos 14min, quando Sasha abriu o placar e deixou o time ainda mais perto do título gaúcho. William – de volta à equipe depois de cumprir suspensão – cobrou falta com qualidade e o atacante cabeceou no canto esquerdo, sem chance para o goleiro Elias. 1 a 0!

Aos 18min, Sasha e Anderson tabelaram com categoria e a bola quase sobrou para Aylon concluir da pequena área, mas o zagueiro fez o corte providencial para escanteio. Aos 22min, o Juventude chegou com força e quase empatou, em chute de Lucas que raspou o travessão. Depois disso, o Colorado manteve o controle da partida, atuando de forma tranquila e compactada, sem dar chance ao adversário.

Inter amplia a vantagem

Na etapa final, o Inter manteve a postura sólida na defesa e especulou nos contra-ataques. Aos 6min, Aylon disparou da entrada da área e acertou o lado de fora da rede. Aos 9min, em rara investida do Juventude, Hugo cabeceou para a defesa segura de Alisson. Aos 16min, Lucas soltou uma bomba por cima do gol colorado.

O Inter ampliou o placar em lance muito parecido com o do primeiro gol: William cobrou falta da direita e colocou a bola na cabeça de Paulão, que testou com força para o fundo da rede. 2 a 0! Aos 36min, uma ‘prata da casa’ que havia entrado momentos antes no lugar de Anderson marcou o terceiro gol.

Artur cruzou e Gustavo Ferrareis cabeceou para definir o escore. Na comemoração, o meia-atacante imitou uma pantera (que é também seu apelido), repetindo o que sempre fazia quando marcava gol pelas categorias de base.

Ficha técnica:

Internacional (3): Alisson; William (Paulo Cezar, aos 39min do 2º tempo), Paulão, Ernando e Artur; Fernando Bob (Jair, aos 29min do 2º tempo), Fabinho, Anderson (Gustavo Ferrareis, aos 19min do 2º tempo) e Andrigo; Aylon e Sasha. Técnico: Argel.

Juventude (0): Elias; Hélder (Wallacer), Klaus, Héverton (Sassá) e Pará; Wanderson, Lucas, Dieguinho e Bruno Ribeiro; Roberson e Hugo. Técnico: Antônio Carlos Zago.

Gols: Sasha (I), aos 14min do primeiro tempo, Paulão (I), aos 24min do segundo tempo, Gustavo Ferrareis (I), aos 36min do segundo tempo.