• Hoje é: segunda-feira, dezembro 9, 2019

Instituto Crescer Legal seleciona educadores sociais

Olá Jornal
julho26/ 2019

O Instituto Crescer Legal iniciou processo seletivo para a contratação de educadores sociais para atuação no Programa de Aprendizagem Profissional Rural. Os interessados devem enviar currículo até a próxima sexta-feira, 02 de agosto, para o e-mail educadorsocial@crescerlegal.com.br. Entre as atribuições estão ministrar oficinas diárias no “Curso de Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” que acontecem em diferentes municípios gaúchos.

Os currículos devem ser acompanhados de carta pessoal dirigida à comissão de seleção, por meio da qual o candidato demonstra e justifica seu interesse em fazer parte do programa. São requisitos ter trabalhado, no mínimo, dois anos com adolescentes, ter tido alguma vivência no meio rural, possuir carteira de habilitação (categoria B), ter disponibilidade para morar ou deslocar-se diariamente ao local do curso. É desejável também ter curso superior em Pedagogia, Psicologia, Serviço Social ou afim, ou técnico na área agrícola, e conhecimentos de didática, informática básica, projetos sociais, planejamento estratégico e operacional e realidade da agricultura familiar.

Além de ministrar oficinas diárias, no turno da manhã ou tarde, outras atribuições da função são operacionalizar as ações para o funcionamento do programa e participar das ações de formação, qualificação e orientação propostas pelo Instituto Crescer Legal. Caberá também aos educadores sociais atuar de forma integrada às famílias dos jovens e à comunidade, acompanhando constantemente o desenvolvimento e aprendizagem dos adolescentes.

SOBRE O INSTITUTO – Desde que foi lançado, em 2015, o Instituto formou 204 jovens no curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Ruraldo Programa de Aprendizagem Profissional Rural. Em 2019, mais de 130 meninos e meninas entre 14 e 17 anos, de sete municípios gaúchos, foram contratados via Lei da Aprendizagem. Diferente do que acontece na cidade, ao invés de trabalharem na empresa contratante, se reúnem diariamente no contraturno escolar para falar sobre e vivenciar práticas de gestão rural e empreendedorismo. Os encontros iniciaram em março e seguem até o final do ano em Boqueirão do Leão, Cerro Branco, Herveiras, Passo do Sobrado, Sinimbu, Vale do Sol e Vera Cruz. Sete novas turmas estão previstas para 2020 na região de Santa Cruz do Sul e no Sul do RS. Iniciativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e suas empresas associadas, o Instituto Crescer Legal tomou forma com o apoio e adesão de pessoas envolvidas com a educação e com o combate ao trabalho infantil, em especial em áreas com plantio de tabaco, na Região Sul do País. A meta: oferecer subsídios para que o jovem permaneça e se desenvolva no meio rural e, ao mesmo tempo, combater o trabalho infantil no campo.

CRÉDITO: AI Crescer Legal