IFSul aguarda R$ 255 mil para fechar orçamento de 2017

Guilherme Siebeneichler
outubro14/ 2017

Com cortes e atrasos do Ministério da Educação ao Instituto Federal Sul-riograndese (IFSul) a situação ainda exige mobilização dos servidores e alunos. Uma bancada em defesa destas instituições também foi criada por deputados federais, na busca por soluções para a situação orçamentária.

Conforme o diretor-geral do IFSul Venâncio Aires, Cristian Oliveira Conceição, faltam ainda 15% do orçamento projetado para este ano. O percentual equivale a R$ 255 mil. O valor é aplicado no custeio da instituição de ensino. “O recurso não é para investimento, ele serve para a manutenção das atividades. Estamos aguardando, até metade de outubro teremos uma posição sobre o valor restante.” O orçamento geral do ano alcança os R$ 1,6 milhão. Apesar dos atrasos em repasses e das liberações recentes, Conceição não acredita no depósito total dos recursos.

“A expectativa é de garantir até R$ 150 mil para o orçamento deste ano. Se conserguirmos esse valor teremos condições de fechar as contas básicas da instituição.” Desde junho os institutos federais enfrentam dificuldades orçamentárias, após cortes feitos pela União.

Em relação ao ano passado, a redução no orçamento é de mais de R$ 500 mil e afeta diretamente os serviços de vigilância, limpeza, energia elétrica e infraestrutura de forma geral. Atualmente o IFSul em Venâncio conta com 670 alunos.