• Hoje é: quarta-feira, maio 23, 2018

Hospital São Sebastião Mártir aguarda valores em atraso da União e Estado

Olá Jornal
janeiro17/ 2018

No total o valor alcança mais de R$ 1 milhão. Os valores são referentes aos meses de novembro e dezembro que não foram quitados para o custeio de serviços no Hospital São Sebastião Mártir (HSSM). A situação exigiu o parcelamento de salários dos funcionários da instituição. Apenas 50% foi repassado aos colaboradores referentes ao mês passado.

A maior parcela em atraso é do Governo do Rio Grande do Sul, que deve atualmente à Casa de Saúde, R$ 800 mil, referentes aos meses de novembro e dezembro. Já o Governo Federal não repassou R$ 230 mil do mês passado.

A expectativa da direção do HSSM é de que os valores sejam quitados até o fim desta semana. A situação financeira do hospital poderá se agravar, já que é preciso repassar honorários médicos até o fim do mês.

Os atrasos em repasses dos governos estadual e federal ocorreram ao longo de 2017. Com a negociação dos valores e a liberação de financiamentos, o governo garantiu o equilíbrio das demandas financeiras.