Guarani vence de virada último jogo em casa pela Divisão de Acesso

A equipe rubro-negra recebeu o líder do Grupo A neste domingo, 06, e venceu por 3 a 2. A equipe de Vanderson Pereira conseguiu neutralizar as investidas do Pelotas e pode ter encerrado a participação na Divisão de Acesso de 2018 de forma positiva. Isso porque ainda não está confirmada a partida válida pela última rodada da fase classificatória.

Já que o Santa Cruz acabou sendo rebaixado ontem e o Guarani não tem mais chances de classificação à próxima fase. Pela tabela, o confronto contra o Galo está marcado para quarta-feira, 09, a partir das 15h30min, nos Plátanos, conforme nota divulgada Federação Gaúcha de Futebol.

O JOGO
O primeiro gol saiu com menos de um minuto de jogo dos pés de Giancarlo, pelo Pelotas. O rubro-negro chegou ao gol de empate com Kelvin, que bateu a falta e a bola ainda bateu no poste e acabou morrendo no fundo da rede.
Aos 20 minutos do segundo tempo, Hugo cobrou falta e baixinho, ainda raspando o poste, mandou direto para a rede. 2 a 1.

Aos 38 minutos, Max marcou o gol de empate para o Guarani: 2 a 2.
Aos 46 minutos, Alagoano ganhou do zagueiro, e mandou para a rede, para o vira-vira do Guarani, 3 a 2.
Ao final do jogo, o técnico Vanderson Pereira lamentou as dificuldades encontradas ao longo da temporada, mas destacou o esforço da direção em dar condições ao elenco. O comandante também admitiu, que dependendo das intenções da direção do clube, sobre o segundo semestre – se terão atividades da equipe profissional, gostaria de seguir no comando técnico da equipe de Venâncio.

Apesar da vitória deste domingo, o Guarani não deixou a penúltima colocação do Grupo A, com 13 pontos.
Da mesma forma, com a derrota, o Pelotas segue na liderança com 23 pontos.
Guarani começou com: Otávio; Selton (William), Manoel, Vinicius, Vagner (Guto Klafke), João Paulo, Alison, Sampson (Max), Alagoano, Kelvin e Thalles. Técnico: Vanderson Pereira.

Pelotas iniciou com: Giovane, Adriano, Dão, Felipe, Tiago Gaúcho (Ricardo), Tatoo, Xuxa (Jarro), Germano, Giancarlo, Cléverson e Hugo. Técnico: Paulo Porto.

FOTO: Vanessa Behling