• Hoje é: domingo, julho 21, 2019

Grupo da Unisc realiza viagem de estudos à Argentina

Guilherme Siebeneichler
fevereiro02/ 2017

Um grupo de 27 acadêmicos, dois docentes e dois funcionários, dos cursos de Engenharia Agrícola, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica e Engenharia Mecânica, da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), está realizando estudos na Universidade Tecnológica Nacional (UTN), na região de Los Reyunos, estado de Mendoza, na Argentina. Na instituição, os visitantes participam de atividades multidisciplinares, como aulas teóricas e práticas, palestras e visitas técnicas, que contemplam todas as engenharias.

Dentre os assuntos abordados estão o desenvolvimento regional da Argentina; os aproveitamentos hidráulicos na região; a análise de riscos em empresas, obras, construção de represas e centrais hidroelétricas; a introdução à astronomia; a fabricação de frutas secas e conservas; e a gestão voltada à engenharia. O grupo partiu de ônibus de Santa Cruz do Sul no dia 22 de janeiro e retorna nesta sexta-feira, 3 de fevereiro. Antes da viagem, os participantes realizaram um curso intensivo de língua espanhola na Unisc para a preparação linguística.

Segundo o professor André Luiz Emmel Silva, que acompanha o grupo na Argentina, o intercâmbio propicia aos estudantes o contato com uma nova cultura nos âmbitos social, econômico e ambiental. “Além disso, oportuniza a prática de um idioma adicional diretamente em seu contexto real, na comunicação do dia a dia com pessoas nativas”, salienta. A viagem é uma promoção anual do Departamento de Engenharia, Arquitetura e Ciências Agrárias da Unisc, por meio do Acordo de Cooperação firmado com a UTN em 2007 e intermediado pela Assessoria para Assuntos Internacionais e Interinstitucionais (AAII).

“Os esforços dos docentes e das secretárias do departamento, com o apoio da AAII, têm permitido, ao longo de 10 anos, o contínuo desenvolvimento de todas as ações propostas e firmadas entre as instituições, bem como resultados qualitativos e quantitativos de grande significância à internacionalização dos cursos de engenharia. Até o momento, o intercâmbio permitiu a mobilidade de 502 pessoas através dessa parceria”, ressalta a coordenadora da AAII da Unisc, Cristiana Verônica Mueller.

CRÉDITO: AI Unisc