• Hoje é: sexta-feira, outubro 19, 2018

Grêmio vence e passa o Inter, que perde fora de casa

Janine Niedermeyer
junho29/ 2016

A tabela do Campeonato Brasileiro teve revirada às vésperas do clássico Gre-Nal. Na noite desta quarta-feira, 29, o Grêmio bateu o Santos e chegou aos 21 pontos, um a mais que o Inter. O Colorado foi derrotado para o Flamengo, fora de casa. Agora é tudo Gre-Nal, que ocorre domingo, 3 de julho, no estádio Beira-Rio, às 11h.

Em Porto Alegre, na Arena, nem deu tempo de aquecer todos os 22 jogadores em campo e a bola já estufou a rede santista. Aos 2min do 1º tempo, após finalização de Everton na entrada da área, o goleiro Vanderlei espalmou para o lado, e Giuliano encostou para o gol e 1×0 no placar.

Se o jogo começou com gol, a primeira etapa fechou com outro do Tricolor. O 2×0 veio aos 44min, com mais um meia, desta vez o grisalho Douglas. Em lance muito parecido ao do primeiro. Everton fez ótima jogada pelo lado esquerdo da área e chutou cruzado. Vanderlei espalmou de novo, e dessa vez Douglas quem finalizou com força.

Empate, mas vitória
Apesar da vantagem, o Santos vendeu caro a derrota na etapa inicial, pois esteve na maior parte do tempo com a posse de bola. Demonstrou sua força no 2º tempo, ao descontar quando eram jogados 20min, com o atacante colombiano Jonathan Copete.

O gol veio após Lucas Lima cobrar escanteio da esquerda. Gustavo Henrique desviou no meio do caminho, e Copete, estreando com a camisa do peixe, mandou para a rede de Marcelo Grohe.

O Tricolor sofreu o empate em um golaço aos 37min da etapa final. Copete disputou a bola pelo meio, e ela sobrou para o lateral-esquerdo Zeca, que dominou e fuzilou no canto direito, sem chances para Grohe. 2×2 no placar.

O que parecia que seria um empate com sabor de derrota para o Grêmio na Arena, mudou aos 43min. O gol do 3×2 veio quando o time roubou a bola no meio de campo, Giuliano recebeu e deixou o lateral-esquerdo Marcelo Hermes na cara do gol para tocar na saída de Vanderlei. Bola no fundo da rede, três pontos e a volta ao G-4.

Grêmio (4-4-2): Marcelo Grohe, Edílson e Marcelo Oliveira (capitão), Fred e Rafael Thyere (Entrou Marcelo Hermes), Walace e Jailson, Giuliano e Douglas, Everton (Entrou Guilherme Augusto) e Luan (Entrou Bobô). Técnico: Roger Machado.

Santos (4-4-2): Vanderlei, Victor Ferraz e Zeca, Luiz Felipe e Gustavo Henrique (Entrou Yuri), Thiago Maia e Renato, Vitor Bueno (Entrou Copete) e Lucas Lima, Gabriel e Rodrigão. Técnico: Dorival Júnior.

Amarelos – Edílson (GRE), Douglas (GRE) e Walace (GRE) / Lucas Lima (SAN), Zeca (SAN) e Yuri (SAN)

Foto: Lucas Uebel/ AI Grêmio

Derrota e queda de rendimento

Jogando fora de casa contra o Flamengo, o Inter perdeu por 1×0 e chegou ao 4º jogo sem vencer pelo Brasileirão. São três derrotas e um empate o que resultou na queda para a 4ª posição, com 20 pontos. Os cariocas chegaram ao 5º lugar e os mesmos 20 pontos.

Se na Arena a partida começou com toda energia, isso foi justamente o que faltou no Espírito Santo. Eram apenas 3min de bola rolando quando o sistema de refletores do estádio Kléber Andrade em Cariacica deu problema, deixando parte do estádio sem iluminação, o que exigiu a paralisação.

Após cinco minutos a partida foi reiniciada e com estádio mais que lotado, pois os portões foram liberados. Com o jogo em andamento, quem abriu o marcador foi o Flamengo, com o meia Ederson, aos 18min da primeira etapa. No lance Willian Arão cruzou, o peruano Guerrero dividiu de cabeça e a bola sobrou para Ederson empurrar para a rede.

O rubro-negro carioca seguiu dominando o Colorado, com o goleiro Muriel salvando os gaúchos de sofrerem mais um. Assim seguiu, sem alterações no placar, terminando na vitória carioca.

Flamengo (4-4-2): Alex Muralha, Rodinei (Entrou Pará) e Jorge, Réver e Rafael Vaz, Márcio Araújo e Willian Arão, Alan Patrick e Ederson (Entrou Everton), Marcelo Cirino e Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Inter (4-4-2): Muriel, William e Artur, Leandro Almeida e Ernando, Rodrigo Dourado, Fernando Bob e Anderson (Entrou Mike), Seijas (Entrou Alex), Vitinho e Eduardo Sasha (Entrou Valdívia). Técnico: Argel Fucks.

Amarelos – Réver (FLA) / Fernando Bob (INT)

Jogos da quarta-feira, 29, pela 12ª rodada: Vitória 3×2 Sport, Flamengo 1×0 Inter e Grêmio 3×2 Santos, Coritiba 1×0 Atlético-PR, Chapecoense 3×2 Cruzeiro, São Paulo 2×1 Fluminense, América-MG 0x2 Corinthianas.

Quinta-feira, 30: Palmeiras x Figueirense (19h30), Santa Cruz x Ponte Preta (19h30) e Atlético-MG x Botafogo (21h).

CLASSIFICAÇÃO
1° Palmeiras – 22 pontos
2º Corinthians– 22
3° Grêmio – 21
4º Internacional– 20
5º Flamengo– 20
6º Santos – 19
7° São Paulo – 18
8º Chapecoense – 18
9º Atlético-PR– 17
10º Atlético-MG – 16
11º Fluminense– 16
12º Vitória – 16
13º Cruzeiro – 14
14º Ponte Preta – 14
15º Figueirense – 14
16º Coritiba – 13
17º Sport– 12
18º Botafogo – 12
19º Santa Cruz – 11
20º América-MG – 8