Giovane prepara transição de governo e projeta primeiras ações

Guilherme Siebeneichler
outubro04/ 2016

A partir da segunda quinzena deste mês deve iniciar a transição de governo em Venâncio Aires. Em contato o atual prefeito Airton Artus solicitou ao futuro gestor um prazo de 10 dias para iniciar as conversas para a troca de comando. Segundo Giovane Wickert o período será de preparação e aprimoramento das propostas trabalhadas durante a campanha.

Em entrevista ao Olá Jornal destacou que o processo de mudança no governo será tranquilo e transparente. “Já estou na Prefeitura como vice-prefeito, então os caminhos são mais facilitados. Queremos ter conhecimento da real situação financeira do Município e definir as prioridades orçamentárias.”

Para o novo prefeito da Capital do Chimarrão o período será de trabalho com a base aliada para traçar as ações governamentais para os primeiros meses de governo.

“Temos uma boa equipe de trabalho com pessoas qualificadas e com experiência, queremos aproveitar o melhor de cada membro do nosso governo,” destaca.

Já sobre a definição do novo secretariado municipal, Giovane explica que será iniciado o período de conversações ao longo do mês de outubro, para iniciar os anúncios dos nomes entre novembro e dezembro. Quanto o vice-prefeito Celso Krämer ocupar uma pasta municipal, Wickert descartou a proposta. “Ele terá um papel importante na fiscalização das medidas governamentais e programas, em especial, a recuperação de estradas do interior.”

Ainda no domingo, 2, Artus destacou que irá buscar um transição transparente e eficaz para agilizar os trabalhos. “Vamos garantir um trabalho profissional, com efetividade para o próximo governo.”

Giovane dedicará a semana para realizar visitas aos vereadores eleitos pela sua coligação, bem como membros dos partidos que colaborar na campanha eleitoral. Também pretende ampliar o diálogo com outros gestores municipais eleitos na região, afim de garantir apoio a medidas de âmbito regional para melhorar a eficiência financeira.

 Foto: Maicon Nieland/ Olá Jornal