• Hoje é: quinta-feira, agosto 22, 2019

Giovane e Celso: trajetórias diferentes unidas por uma nova história

Guilherme Siebeneichler
agosto18/ 2016

A Coligação “Uma nova história vai acontecer” relata a trajetória do candidato a prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert (PSB), e candidato a vice-prefeito, Celso Kramer (PTB). A busca por uma nova história para a Capital do Chimarrão deve ser construída através do percurso de vida de cada cidadão venâncio-airense. Por conta disso, Giovane e Celso contam sua trajetória e a inserção na política.

GIOVANE WICKERT

Venâncio-airense, 37 anos, graduado em Gestão Pública e uma carreira política marcada por vitórias e ações importantes para a comunidade. O candidato a Prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert (PSB), é casado com Cristiane Peiter Wickert e pai do Augusto. A trajetória na política iniciou no ano de 1988, acompanhando as eleições municipais.

O interesse na área pública despertou por influência do seu pai. De acordo com Wickert, os seus tios também foram fundamentais para o entendimento político. A família do pai era muito politizada. Entre sete irmãos, cada um tinha uma linha de pensamento diferente, sempre gerando discussão nos encontros familiares, principalmente no período eleitoral”explica.

A primeira filiação em um partido ocorreu em 1999, sendo inserido de fato na área que atua com responsabilidade até os dias atuais. Além disso, Giovane Wickert participou de forma ativa em todas as eleições Nacionais, Estaduais e Municipais. Foi candidato a vereador nos anos de 2000 e 2004.

Entre as experiências na Administração Pública de Venâncio Aires, Giovane destaca que atuou como vice-prefeito de dois mandatos – eleito em 2008 e 2012 – foi Secretário de Planejamento, Secretário da Cultura, Esportes e Turismo e Presidente da Festa Nacional do Chimarrão. Wickert trabalhou ainda como assessor legislativo na Câmara de Vereadores de Venâncio Aires, da Assembleia Legislativa, da Câmara dos Deputados, além de estar sempre envolvido com clubes de serviços e entidades.

Giovane conta que durante todos esses anos trabalhando em prol da comunidade, o que recompensa um trabalho árduo é o sorriso estampado no rosto de cada cidadão. Posso reproduzir na política, no dia a dia, na educação, na saúde, na segurança, no desenvolvimento social, tudo o que conseguimos colher. Cada sorriso valeu a pena. Um gesto de amor já vale todo o sacrifício e esforço que a gente tem para melhorar a vida das pessoas”, destaca Wickert.

O candidato a prefeito de Venâncio Aires, que presta serviço à comunidade Venâncio-airense através de clubes de serviço e entidades, afirma que as ações realizadas na vida pessoal de um político refletem na prática do trabalho desenvolvido na área pública. “A política para mim é uma consequência dos atos do dia a dia, finaliza.

CELSO KRÄMER

Política

O candidato a vice-prefeito de Venâncio Aires, Celso Kramer (PTB), decidiu que atuaria na política quando se viu obrigado a lutar pela agricultura de Venâncio Aires, já que os políticos não davam a devida atenção para o interior do Município, segundo Kramer. Morador de Taquari Mirim desde o ano de 2006 e produtor, Celso, que é presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) há cinco anos, iniciou as atividades políticas como líder comunitário, onde já buscava melhorias para a localidade em que reside.

No ano de 2007, pela primeira vez, Celso concorreu ao cargo de vereador sendo o terceiro candidato mais votado, somando 1.400 votos. A partir daí, buscou emendas parlamentares importantes para a Capital do Chimarrão, criou associações para os produtores e inseriu a agricultura na Câmara de Vereadores. O candidato a vice-prefeito destaca ainda que foi o vereador reeleito mais votado, no ano de 2012.

Celso reconhece o crescimento profissional durante os últimos oito anos sendo vereador de Venâncio Aires e avalia de forma positiva as ações realizadas, “nesses dois mandatos que eu tive, cresci muito como político. Realmente tive êxito como vereador, contribuindo para melhorar a vida do cidadão venâncio-airense”.

Celso Kramer, que sempre buscou atuar em todas as comunidades, concorreu duas vezes para Deputado Estadual. Em 2010, apenas em Venâncio Aires, teve 9 mil e 127 votos. No total foram quase 14 mil. Na eleição seguinte, no ano de 2014, Celso disputou novamente, ficando na suplência, com mais de 9 mil e 300 votos.

Entre os trabalhos sociais realizados, Kramer destaca a doação de terras para a Escola Estadual de Ensino Fundamental Coronel Thomaz Pereira, em Linha Taquari Mirim, que possui mais de 200 alunos. O educandário está localizado em frente a sua residência.

Celso afirma que tem orgulho da comunidade em que vive e garante que sua família irá permanecer no local trabalhando na agricultura. “Continuo morando em Taquari Mirim e vou ficar lá junto da minha família, trabalhando na lavoura”, completa.

Família

Celso Kramer, morador de Venâncio Aires há 30 anos, nasceu em Tucunduva – RS, no ano de 1967. O candidato a vice-prefeito de Venâncio Aires conta as dificuldades enfrentadas na infância, principalmente a falta de acesso aos estudos, “eu e meus irmãos tivemos uma infância difícil, o que me fez entender a importância da educação”.

Quando tinha 11 anos de idade, seu pai faleceu, impedindo os cinco filhos a darem sequência nos estudos, já que não havia a facilidade do transporte público gratuito. Naquela época, Kramer cursava a 5ª série do Ensino Fundamental. “Muitas vezes fui criticado por não ter estudos. Foi um período muito difícil para a minha família, já que naquele tempo uma mãe viúva ganhava apenas meio salário mínimo do governo”, desataca Celso.

De acordo com Kramer, mais tarde, em fevereiro de 1986, casou com Ivanir, com quem teve dois filhos, e passou a residir em Venâncio Aires. Na Capital do Chimarrão, Celso iniciou as atividades sociais trabalhando como líder comunitário em Linha Taquari Mirim. O interesse de lutar pela população local, mais especificamente aos produtores, despertou por conta das dificuldades financeiras enfrentadas desde a infância. “O que eu não pude ter, estou fazendo para os outros”, destaca Celso.

CRÉDITO: Assessoria de Imprensa PSB