Ginásio da escola São Judas Tadeu começa a ganhar forma

Janine Niedermeyer
junho10/ 2016

Os estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) São Judas Tadeu, de Grão-Pará, devem dispor de novo ginásio de esportes ainda neste ano. A construção está sob responsabilidade da empresa venâncio-airense NJ Koefender e vai beneficiar diretamente os 93 alunos da instituição, que desde o início do atual ano letivo atende à totalidade dos estudantes em turno integral. A previsão da Secretaria Municipal da Educação é de que todas as melhorias estruturais estejam finalizadas até o próximo mês de novembro. Até o momento, 45% da obra já está concluída.

Nesta quinta-feira, 9, o secretário Émerson Eloi Henrique e o engenheiro civil da pasta, Alexandre de Bortoli, foram ao local acompanhar a evolução dos trabalhos. O ginásio está sendo erguido em frente à escola, sobre a antiga quadra esportiva. Segundo Bortoli, a quadra poliesportiva terá dimensão de 12,9x21m, devido à limitação da área do terreno. O engenheiro assinala que estas medidas asseguram, com tranquilidade, a realização de atividades físicas e desportivas para crianças até o 5º ano.

As melhorias estruturais não se restringem à construção da nova arena para atividades físicas. Bortoli enfatiza que as obras ainda englobam a construção de novas salas de aula para pré-escola, depósito, sanitários masculino e feminino, reformulação da fachada e atualização do Plano de Prevenção e Combate a Incêndio (PPCI), com a instalação de hidrantes, alarmes de incêndio e portas de emergência. O custo total do trabalho será de R$ 592.565,48, com área construída de 490,73m² e área reformada de 244,48m².

O secretário Émerson Henrique assinala que, devido ao intenso fluxo de veículos no local, está sendo construída área para embarque e desembarque das crianças dentro do pátio da escola. Com isso, os jovens estudantes não terão de ficar à beira da rodovia estadual VRS-816, que passa em frente ao educandário. A estrada já recebeu, no local, pintura de faixa de segurança e colocação de placas para impedir o tráfego em alta velocidade. Henrique aponta que, para reforçar a segurança no local, deverá ser colocado um canalizador de tráfego, com a aplicação de tachões na pista. (AI PMVA)

Foto: Geferson Kern/ AI PMVA

Janine Niedermeyer
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com