• Hoje é: segunda-feira, dezembro 9, 2019

Gaspar inaugura nova estrutura de acessibilidade no colégio

  • 11070
  • 11070
  • 11070
  • 11070
  • 11070
  • 11070
  • 11070
  • 11070
Janine Niedermeyer
maio18/ 2017

Após dois meses de obras, um ato oficial marcou a entrega dos novos investimentos feitos pelo Colégio Gaspar Silveira Martins. Localizado no centro da cidade, próximo a escola Monte das Tabocas, o educandário realizou uma solenidade que marcou a entrega das melhorias, como a instalação de um elevador, no acesso ao auditório e ampliação da escadaria ao longo dos três andares.

A reinauguração na noite de quarta-feira, 17, teve a presença do vice-prefeito Celso Krämer, secretários municipais, vereadores, a juíza Maria Beatriz Londero Madeira, pais, alunos, dentre outras pessoas da comunidade.

A programação que finalizou com um coquetel, contou também com pronunciamentos de representantes do colégio e apresentações com o Conjunto Instrumental do Gaspar, na recepção aos convidados e no palco do auditório com a banda do 7º Batalhão de Infantaria Blindado, com sede em Santa Cruz do Sul.

O diretor do educandário, Tiago Becker ressaltou que os investimentos próprios garantiram também o atendimento as normas de segurança, como o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (PPCI). O docente lembra que o auditório ainda recebeu novas cadeiras e desde a metade do ano passado haviam se iniciado a construção de novos banheiros, foram feitas mudanças no sistema de som e iluminação.

“Este ato oficial mostra que estamos abrindo as portas. O auditório é do Colégio Gaspar para comunidade venâncio-airense. Então estamos oferecendo esse auditório como espaço de cultura, educação, artes e conhecimento principalmente para população. É um momento que a escola diz: ‘estamos abertos e os venâncio-airenses podem utilizar esse espaço’”, frisa Tiago Becker.

Ao se pronunciar, o presidente da mantenedora do colégio, Gilberto Bender enfatizou que a entrega desse novo espaço visa ajudar a construir uma consciência social, no sentido de que todos locais possam ter acessibilidade. “Além disso, com exceção do elevador, toda nossa mão de obra aplicada na obra foi local”. Fundado em 2 de abril de 1953, o Gaspar implementou seu auditório na década de 1970 e tem como próximo objetivo, a implantação de um sistema de climatização no espaço.

Fotos: Maicon Nieland/ Olá Jornal