• Hoje é: segunda-feira, dezembro 9, 2019

Gabinete da primeira-dama começa a receber material reciclável que será revertido em kits escolares

Olá Jornal
julho18/ 2019

Mesmo sem ser lançado oficialmente o Gabinete da Primeira-Dama já começa a recolher materiais recicláveis de papel, que serão revertidos à Usina de Triagem de Lixo. Os resíduos serão repassados a unidade de reciclagem, que irá separar, pesar e com o recurso adquirir materiais escolares. O projeto pretende reunir jornais, livros, revistas, publicações, para serem comercializados. A iniciativa já está em andamento e pretende ser lançada de forma oficial até o fim de agosto.

Os primeiros materiais já foram encaminhados ao Gabinete, junto a Assistência Social. Porém, a campanha ocorrerá até o fim do ano e envolverá todas as repartições públicas, comércio e escolas. A proposta é de arrecadar os materiais, que serão pesados, e a partir disso definido o valor. A própria gerência da usina de triagem é quem irá adquirir materiais escolares. O projeto busca garantir estoque de cadernos, lápis, canetinhas, cola, tesouras, borrachas e demais itens que serão destinados no início do ano letivo aos alunos carentes do município, indicados pelos educandários.

A ação se alia ao projeto “Volta às aulas Solidários” que é realizado pelo Gabinete, e objetiva arrecadar materiais escolares para serem destinados aos alunos cadastrados. Neste ano mais de 400 alunos foram beneficiados com o projeto. A proposta agora é de ampliar o número de kits disponibilizados, ao longo do ano.

ENTREGA
Atualmente os interessados em participar da campanha podem destinar as doações de livros, jornais e revistas, podem ser encaminhadas na sede administrativa, prédio principal da Prefeitura, Unidades Básicas de Saúde e na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

AGASALHOS
Além dos materiais para reciclagem, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação segue recebendo agasalhos e doações para destinação às famílias em vulnerabilidade social. As doações podem ser repassadas na secretaria e buscam garantir doações para as famílias, que seguem procurando a pasta.

Os dias frios aumentou a procura por agasalhos da campanha. A entrega os materiais ocorreu no fim de abril, quando foram recebidas 25 mil peças de roupas. Além da secretaria, doações podem ser feitas em horário comercial na Sociedade de Leituras. A pasta solicita a doação de casacos, cobertores e meias. A retirada dos materiais também ocorre na sociedade, nas segundas e quartas-feiras.