Exportações no primeiro bimestre registram aumento de 114,8% em Venâncio Aires

Olá Jornal
março22/ 2021

As vendas internacionais de Venâncio Aires nos meses de janeiro e fevereiro de 2021 alcançaram US$ 116,38 milhões. O resultado é 114,8% maior do que o verificado em igual período de 2020. Do total comercializado, 94% engloba o tabaco processado nas indústrias locais. O principal destino neste período é a China, com vendas totais ao gigante asiático que totalizam US$ 67,5 milhões, com participação de 58% do total vendido aos países.

O resultado venâncio-airense nestes dois primeiros meses do ano colocam a cidade como a 4º maior exportadora do Rio Grande do Sul. No país, o município ocupa a 50º posição. Os números da cidade representam 6,6% do total exportado pelo Rio Grande do Sul.

Em fevereiro as vendas internacionais de empresas locais totalizaram US$ 42.670.170,00. O resultado é o segundo melhor em oito anos. Em 2020 o total de vendas em fevereiro alcançou US$ 33.287.195,00. O saldo de 2019 foi o melhor da década, com US$ 66.330.721,00 em vendas. O volume de vendas maior ocorreu por conta de atrasos nos embarques ocorridos ao longo de 2018.

O mês de janeiro de 2021 fechou como o melhor da história em negócios internacionais. As empresas venâncio-airenses comercializam US$ 73.720.187,00.

ESTADO
O forte crescimento das exportações na indústria gaúcha em fevereiro, de 12,1% em relação ao mesmo mês de 2020, foi o terceiro resultado positivo consecutivo. E confirma a tendência de retomada das vendas externas verificada entre dezembro até o mês passado, quando o setor comercializou US$ 1,7 bilhão, 8,7% a mais na comparação com igual período anterior.

Dos 23 segmentos da indústria, apenas 12 assinalaram aumento do valor exportado em relação a fevereiro de 2020. No resultado positivo destaca-se a alta do setor de Alimentos (68,7% ou US$ 137,8 milhões), a maior desde 2008, favorecido tanto pela demanda chinesa por proteínas.

Quanto aos principais destinos, não houve alterações, apenas um leve aumento de 0,4% dos embarques totais para China. Apesar das altas de Alimentos (US$ 13 milhões) e Tabaco (US$ 21,3 milhões) para a economia asiática, esse resultado foi reduzido pela baixa da Agricultura, que chegou a US$ 33 milhões.

Olá Jornal
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com