• Hoje é: sexta-feira, fevereiro 15, 2019

Exportações do agronegócio iniciam 2019 com resultado positivo

Olá Jornal
fevereiro11/ 2019

O agronegócio do Rio Grande do Sul registrou US$ 927 milhões em exportações em janeiro de 2019, o resultado representa um crescimento de 16% na comparação com mesmo período de 2018. Conforme o Relatório de Comércio Exterior do Agronegócio do RS, divulgado pelo Sistema Farsul nesta segunda-feira, dia 11, o setor foi responsável por 35% do total comercializado pelo estado. Os grupos Cereais, Animais Vivos, Fumo e Produtos Florestais apresentaram alta nas vendas, enquanto Complexo Soja e Carnes tiveram queda.

O trigo, com aumento de 270% no faturamento e 210% no volume, é o destaque do grupo Cereais que teve crescimento de 39,5% e 58,6%, consequentemente. No grupo Animais Vivos, a alta foi de 1.491%, totalizando US$ 9,8 milhões, impulsionado principalmente, pelos Bovinos Vivos. Já o grupo Fumo e seus Produtos também fechou o mês com resultado positivo de 14% no valor exportado e 18% no volume exportado. O principal destaque fica com o grupo Produtos Florestais, com aumento de 244% no faturamento e 208% no volume. Em caminho inverso, os grupos Complexo Soja e Carnes apresentaram queda de 46% e 25% no faturamento e 45% e 29% no volume exportado, respectivamente.

Na comparação entre os meses de janeiro de 2019 e dezembro de 2018, o Rio Grande do Sul registrou queda de 9,6% no valor e 15,6% no volume exportado pelo agronegócio. No período, o grupo Complexo Soja teve contração de 65% no valor. O grupo Carnes também fechou em baixa de 7,4% no valor, com exceção para a Carne Bovino, que cresceu 12%. A China, principal destino do agronegócio gaúcho, respondeu por 30% do total comercializado em janeiro pelo estado. Na sequência vem a Coréia do Sul, com 5,7%, e os Estados Unidos, com 5%.

CRÉDITO: AI Farsul