• Hoje é: sexta-feira, setembro 21, 2018

Escolas de samba buscam emenda parlamentar para o Carnaval

Guilherme Siebeneichler
julho31/ 2017

A proposta da secretaria municipal de Cultura e Esportes objetiva adiantar os preparativos do Carnaval 2018. Reuniões com a Liga Carnavalesca de Venâncio Aires e representantes do setor ocorrem mensalmente. O objetivo é agilizar os trâmites e fomentar o maior festejo popular do município. No último encontro, as lideranças do Carnaval estiveram reunidas com assessores da deputada federal Maria do Rosário (PT). A busca por emenda parlamentar é um dos caminhos fomentados para financiar as programações no próximo ano.

O último encontro sobre os “Festejos do Momo” ocorreu no dia 20 de julho e contou com a participação do assessor parlamentar, Jackson Raymundo, e do esposo da deputada, Eliezer Pacheco. Conforme o secretário de Cultura, Saul Zart, a reunião traçou ações para os próximos meses na organização dos desfiles. A busca por recursos segue sendo a prioridade. Entre as ações está a busca por emenda parlamentar. “Os representantes da deputada conheceram um pouco do nosso Carnaval. Acredito que temos condições de buscar recursos para ajudar na organização por meio dos deputados federais.”

O objetivo é de buscar até R$ 150 mil por meio de indicação da deputada petista. “É viável, por isso estamos trabalhando todos os meses para buscar apoio em outras frentes políticas. Isso se alia a nossa proposta de leis de incentivo,” explica Zart.

CONJUNTO
No mês de agosto o poder público e escolas de samba querem realizar reunião com demais segmentos que se envolvem nos desfiles. Isso inclui vendedores, blocos, organizadores de bailes e festas, além de comerciantes na região central. O objetivo é de discutir melhorias e ações que possam colaborar para o crescimento do evento público. Além disso, entrará no debate a realização do Carnaval no Parque do Chimarrão. O encontro deve ocorrer entre os dias 15 e 19 de agosto.

VOTAÇÃO
Ao invés de jurados, a proposta de realizar premiação para as escolas mais votadas em pleito popular, por meio dos veículos de comunicação, segue em avaliação. O assunto é tratado de forma inicial, porém, tem apoio das agremiações. Há duas edições os desfiles carnavalescos não são competitivos no município. O voto popular é apontado como alternativa.

FOTO: Divulgação/PMVA