• Hoje é: domingo, julho 15, 2018

Emprego em venâncio está concentrado nas mãos de duas empresas

Guilherme Siebeneichler
julho20/ 2017

As empresas Alliance One e CTA Continental Tobaccos Alliance concentram 80% dos 4.611 empregos gerados no primeiro semestre do ano, na área Indústria de Transformação. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o saldo geral do ano é de 4.660 empregos, ou seja, somente 49 vagas não foram criadas pelo setor. Os dados confirmam mais uma vez a relevância do setor fumageiro para o município, região e Estado.

O administrador do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo, Alimentação e Afins de Venâncio Aires, Ricardo Sehn, explica que mesmo não podendo quantificar o número de vagas nas duas empresas, devido ao fluxo de contratos que iniciam e terminam, é possível afirmar que elas representam o maior índice de emprego. “As demais fumageiras contribuem e muito para o saldo geral, mas a maior contratação é da Alliance e CTA, o que demonstra que estão com bons pedidos”, avalia Sehn.

O especialista ainda defende a importância desse crescimento mesmo que seja temporário. “Depois que acaba a safra, outros setores ocupam este espaço como o Comércio, com o aquecimento das vendas de fim de ano”.

IMPORTÂNCIA
O presidente do sindicato, Rogério Siqueira, destaca a representatividade do ramo fumageiro apesar de todos os desafios. “Mesmo sofrendo pressão política há muito tempo, é o setor que ainda segura os empregos e garante mão-de-obra em um momento em que o emprego desce ladeira abaixo”.

O sindicalista ainda chama atenção para a maioria dos outros setores que estão negativos. “Se não fosse o tabaco, Venâncio estaria com saldo negativos nesses seis meses”, conclui Siqueira.

DESEMPENHO
Os demais setores que registraram saldos positivos de emprego no semestre foram o Comércio (24), a Construção Civil (13) e o de Serviços (27). Demitiram mais do que empregaram os setores Extrativo Mineral (-2), Serviço Industrial de Utilidade Pública (-2), Administração Pública (-1) e Agropecuária (-10), este último na contramão nacional onde foi o que mais empregou com 36.827 postos de trabalho.