• Hoje é: sexta-feira, abril 19, 2019

Emei Brands não estará pronta para volta às aulas

Olá Jornal
janeiro26/ 2019

A Escola Municipal de Educação Infantil do bairro Brands está prestes a entrar em funcionamento. Prevista para iniciar os atendimentos de 60 crianças no próximo ano letivo, o início das aulas na unidade pública deve ser prorrogado. Esta será a primeira escola que terá o seu funcionamento terceirizado, por meio de contrato de parceria público-privada.

A volta às aulas ocorrerá no dia 04 de fevereiro nas escolas infantis. Inicialmente o projeto da Prefeitura era de já contar com o novo educandário. Porém toda a fiação elétrica da escola, que já possui o prédio pronto desde 2017, foi furtada. Com isso, equipes do setor de eletrificação do Município, trabalham em mutirão para recuperar o espaço. Após será equipado e repassado para a Organização da Sociedade Civil que ganhou o processo de chamamento público aberto pelo prefeitura.

A gestão da escola será terceirizada, porém a coordenação pedagógica será feita pela Secretaria Municipal de Educação. A entidade vencedora do processo de licitação foi a Associação Gaúcha de Educação (AGE). Fundada em 2003, a entidade presta serviços nas áreas de educação, saúde e assistência social. É uma associação sem fins lucrativos, de caráter beneficente e filantrópico.

Segundo a coordenadora municipal de educação infantil, Silvana Gerhard, ainda não há uma nova previsão para o início das atividades na Emei. “Estamos trabalhando para garantir o quanto antes o início das aulas da Emei Brands. Com este caso de furto, vamos priorizar a conclusão deste investimento e após fazer a equipação. Após, vamos aos trâmites para passar a unidade à organização vencedora do processo licitatório.”

A escola infantil teve as obras iniciadas em 2013, com investimento de R$ 300 mil e 564,5 m². A unidade terá capacidade para atender 64 crianças de zero a três anos em turno integral.

EMEI XANGRILÁ

Outra unidade escolar com obras paradas é a Emei do bairro Xangrilá. A construtora ganhadora da licitação enfrenta dificuldades financeiras e será realizado um novo processo para escolha de uma outra empreiteira. Atualmente a obra está com 40% das edificações concluídas. A Emei do bairro Xangrilá será a maior escola de educação infantil do município, com capacidade para atender até 188 crianças em turno integral.