Em Venâncio Aires Presidente da EGR garante R$12 milhões para melhorias na RSC-453

Olá Jornal
setembro19/ 2019

O Presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) Urbano Schmitt esteve nesta quarta-feira, 18, em Venâncio Aires para junto ao Prefeito Giovane Wickert visitar as principais demandas do Município junto as rodovias RSC 287 e 453, onde garantiu que a EGR iniciará nos próximos dias uma obra de manutenção da via que cruza por Venâncio ligando a região até a Rota do Sol onde serão investidos mais de R$12 milhões para garantir melhorias.

A notícia foi comemorada pela equipe Venâncio-airense já que a via possui diversos percalços que preocupam a Administração, como destacou Wickert ao Presidente. “Possuímos diversas demandas à beira das duas rodovias que margeiam nosso Município, a RSC 453 necessita realmente de uma manutenção e obras de melhorias, principalmente, nos acessos as nossas comunidades e o apoio da EGR e este olhar é fundamental para esta via de intenso fluxo”.

O grupo que visitou os lugares, liderado pelo Prefeito e por Schmitt, também esteve olhando as lombadas da RSC 287 que ficam próximas da entrada principal do Bairro Coronel Brito. Após a instalação da sinaleira no local, que foi feito pela Prefeitura com o aval da EGR e apoio do Governo do Estado, os equipamentos já não são mais tão necessários e a solicitação da Prefeitura é que os mesmos sejam deslocados para o trevo de acesso ao Bairro Battisti, também na mesma via porém alguns quilômetros à frente indo em direção ao Município de Mato Leitão.

No local, Wickert colocou à Administração Pública a disposição da EGR para auxiliar no que for possível e necessário para que haja a possibilidade da troca de local. O Presidente afirmou que a medida é importante, porém salientou que os equipamentos são licitados pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DAER) e que a Empresa fará o possível para auxiliar no pleito de Venâncio. Para que haja a troca de local, normalmente, é feito um estudo que leva até três anos para ver todas as questões de viabilidade, porém, conforme Schmitt, como é na mesma rodovia, com poucos quilômetros de diferença, pode ser que o Departamento consiga uma solução mais imediata para a troca.

Nesta quinta-feira, 19, o gestor venâncio-airense estará em Porto Alegre para uma agenda no Daer e buscará junto ao Diretor-geral, Sívori Sarti da Silva, uma análise do pedido de mudanças das lombadas. “Sabemos que o processo é moroso, complexo e burocrático para estas mudanças que implicam em diversos departamentos estarem de acordo. Mas nós enquanto Município e Governo estamos à disposição para auxiliarmos no que for possível para realizar este pleito da comunidade, como foi no caso das sinaleiras da Coronel Brito em que a Prefeitura pagou pelos equipamentos. Estamos aqui para buscarmos soluções e é o que vamos fazer”, garantiu o Prefeito.

Ainda sobre a RSC-287, o Presidente falou sobre o edital para a concessão dos 204,5 quilômetros que deverá ser publicado até o fim de outubro e a expectativa do Governo Gaúcho é realizar o leilão de concessão ainda em 2019. A proposta também é realizar o mesmo procedimento com a RSC 453 em um outro momento. Como a terceirização, haverá a implantação de cinco praças de pedágio na RSC 287 para os próximos 30 anos, as já existentes em Candelária e em Venâncio Aires, e outros três novos postos sendo em Taquari, Paraíso do Sul e Santa Maria.

Pelo cronograma do Estado, as obras emergenciais começarão no primeiro dia de concessão, já as de recuperação terão prazo de início no segundo ano e a duplicação iniciando a partir do terceiro ano de contrato.  Wickert destacou ao Presidente que o trecho entre Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul possui problemas estruturais precisando de muita manutenção para garantir segurança e qualidade de tráfego na rodovia que corta o Estado e por onde passam centenas de veículos por dia.

Acompanharam o encontro o Vice-Prefeito Celso Kramer, o Diretor Financeiro da EGR André Arnt, o Secretário de Infraestrutura Renato Gollmann e o Coordenador de Trânsito Dário Martins.