Em final quente, clássico entre Guarani e Santa Cruz termina empatado

Olá Jornal
março06/ 2018

Na estreia do Guarani na Divisão de Acesso 2018, a equipe de Venâncio começou com um empate na noite desta terça-feira, 06. O confronto com o Santa Cruz, disputado no Estádio Edmundo Feix terminou em 2 a 2. Os visitantes iniciaram melhor, mas na metade da etapa inicial o rubro-negro conseguiu equilibrar as ações da partida. E foi aos 30 minutos que o Guarani criou uma grande chance, quando Vanderlei colocou a bola na trave.

No retorno do intervalo, os visitantes começaram com pressão. Com menos de cinco minutos de jogo, Ítalo encheu o pé e obrigou Otávio a fazer uma grande defesa. Depois, o Guarani teve sua melhor chance na etapa final aos 22 minutos, quando William criou grande jogada e deu um grande passe, entre dois marcadores, para Max, que na cara do gol acabou chutando para fora.

Mas, como diz o ditado ‘quem não faz, leva’, com menos de um minuto depois, o Santa Cruz mexeu no placar. Em forte cruzamento da esquerda, feito pelo centroavante do Galo Cássio, o defensor rubro-negro Vinicius desviou e a bola acabou morrendo no cantinho de Otávio, fazendo Guarani 0 X 1 Santa Cruz.

Tão logo, aos 27 minutos o técnico Vanderson Pereira promoveu a última mudança na equipe. Mandou a campo o atacante Alagoano, afim de finalizar as tentativas de gol com êxito. E foi na sua primeira ação, que o atacante, ao receber um lançamento, estava na ‘cara’ do gol e iria finalizar, mas o impedimento foi assinalado. Com isso, tendo o placar favorável, o técnico Hélio Vieira orientou seu time a se fechar.

O time de Venâncio tentou chegar ao gol de empate através da bola área. William fez o lançamento e Rafael Klein acabou não conseguindo aproveitar a oportunidade. Mas foi aos 45 minutos que a partida incendiou. Jailton, que após bate e rebate, estando livre, marcou o gol de empate. O jogador rubro-negro só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede, igualando o placar no Edmundo Feix.

Um minuto depois, veio a virada heroica do Guarani. Jailton serviu Alagoano, que estava no centro da área e mandou um foguete para a rede, fazendo Guarani 2 a 1. Mas o árbitro queria mais jogo. Com mais um minuto de acréscimo, o relógio já marcando 49 minutos, o Santa Cruz, na saída de bola, conseguiu finalizar a partida com o gol de empate, que veio dos pés de Cassio que estava sozinho na área do time Índio, fazendo o 2 a 2, no apito final do confronto.

O rubro-negro jogou com: Otávio; Selton (Alagoano), Rafael Klein, Vinicius Ribeiro, João, Max, Gustavo Henrique, Kelvin (Gabriel Carioca), William, Thales e Vanderlei (Jailton).

O próximo confronto do Guarani será domingo, dia 11, diante do Pelotas, na Boca do Lobo, no sul do estado, a partir das 17h. A liderança da Chave A é do Grêmio Bagé, que assim como o Aimoré venceu seu confronto na primeira rodada. As duas equipes estão empatadas no número de pontos, mas o time de São Leopoldo perde no número de gols assinalados.

Crédito: Vanessa Behling