• Hoje é: quarta-feira, julho 18, 2018

Em 2017 abriram cinco vezes mais empresas que fecharam no município

Olá Jornal
março13/ 2018

Apesar dos números de fechamento de empresas ainda serem considerados altos em Venâncio Aires, houve redução. No ano passado foram encerrados 107 negócios no município. Os números levam em consideração as baixas do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). As informações constam nos registros da secretaria municipal da Fazenda e levam em consideração todos os níveis de negócios. Em compensação, o ano encerrou também com cinco vezes mais empresas criadas.

Ao longo de 2017 foram abertos 532 negócios na cidade. A maior parte (369) referente ao Microempreendedor Individual (MEI). Este crescimento nas Meis, conforme o secretário Eleno Stertz, tem motivado maiores fiscalizações. “A lei atual sobre o Mei tem brechas e há pessoas aproveitando para buscar outro tipo de enquadramento tributário. Estamos acompanhando a situação e analisando medidas para garantir a correta aplicação da lei,” argumenta.

Em 2017 houve o menor número de empresas fechadas nos últimos quatro anos. O ano de 2016 teve 359 baixas de empresas. Em 2015 foram 307 cadastros do tipo. Já em 2014 foram 306 pedidos de encerramento de negócios. Os dados levam em consideração todos os cadastros empresariais (Limitada, MEI, Cooperativa e Sociedades). O processo de solicitação de encerramento é previsto no Código Tributário municipal e nacional, se não for realizado o pedido de fechamento da empresa, a cobrança de tributos será mantida.

ESTADO
O ano de 2017 no Rio Grande do Sul encerrou com 42.954 empresas fechadas. Também levando em consideração todos os tipo de registro jurídicos. O mês de dezembro foi o que teve o maior número de negócios encerrados, totalizando 5.860, conforme dados da Junta Comercial do Rio Grande do Sul. Em compensação, houve o dobro de novos negócios registrados no órgão ao longo do ano passado. No total foram constituídos 83.449 empresas, a maior parte são MEIs, que totalizam 53.289.