• Hoje é: quarta-feira, junho 26, 2019

EGR realiza em 2017 projeto para recuperação da RSC-287

Guilherme Siebeneichler
janeiro05/ 2017

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) prioriza investimentos na RSC-287 em virtude do tráfego que cruza o trecho entre Tabaí e Santa Cruz do Sul diariamente. Projetada para três mil veículos por dia, atualmente passam pela estrada 13 mil. Em 2017, a direção da estatal pretende realizar um projeto técnico para garantir a recuperação total da rodovia. Entretanto, o ano não será de melhorias significativas, porque a empresa fala em projetos, por enquanto, sem tira-los do papel.

As ações projetadas pela EGR para o ano, como prioritárias, são a contratação de empresas que realizarão projetos técnicos. “Vamos analisar todos os pontos da RSC-287 e indicar as melhorias necessárias para cada situação. Esse processo é importante porque há locais em que são necessárias melhorias na base da estrada,” argumenta o diretor-presidente da estatal, Nelson Lídio Nunes.

A proposta inicial é de garantir melhores condições de reparos da rodovia. Por isso, ainda no primeiro trimestre será licitado a recuperação asfáltica das rodovias administradas pela EGR. O modelo segue o mesmo adotado pela gestão passada, com a terceirização dos serviços de manutenção da infraestrutura da estrada.

PRIORIDADE MÁXIMA
A conclusão do viaduto Fritz e Frida, além da duplicação de três quilômetros do trecho, são as prioridades da empresa para o próximo ano. Com a conclusão atrasada em mais de um ano, a expectativa é de entregar a obra no primeiro semestre. “O governador Sartori solicitou atenção especial para a 287, dada a importância desta estrada para o escoamento de produção,” argumenta Nunes.

NOVA PRAÇA
O projeto de melhorias na praça de pedágio de Vila Arlindo, a principal em arrecadação da empresa, também não saíram do papel em 2016. Para o novo ano será concluído o projeto arquitetônico, mas a obra não tem previsão. O que deve ocorrer ao longo de 2017 são ações de infraestrutura, especialmente na base da rodovia no espaço de cobranças. O projeto de melhoria anunciado ainda em 2014 previa novos guichês de atendimento, alargamento de pista e duplicação de trecho próximo ao local do pedágio. condições de tráfego da rodovia.

SINALIZAÇÃO
O ano também será de melhorias na sinalização viária. Novas técnicas para ampliar a segurança dos motoristas serão aplicadas, entre elas adequação do tamanho das placas e melhoramento da pintura de pista, especialmente para o período da noite. A EGR também projeta a instalação de guard rail em novos locais, apontados a partir de estudo de trafegabilidade.

Apesar de não anunciar grandes investimentos, o presidente da estatal promete melhorias nas condições de tráfego da rodovia.