• Hoje é: quinta-feira, maio 23, 2019

Dupla de Venâncio Aires sobe ao pódio em Jaquirana e é vice-líder do Rally Trancos RS

Olá Jornal
maio16/ 2019

O Rally Trancos RS realizou a sua segunda prova do ano no último sábado, dia 11 de maio, em Jaquirana, nos Campos de Cima da Serra Gaúcha. O frio característico da região deu uma trégua aos competidores, mas a chuva se encarregou de deixar o terreno devidamente molhado e liso para garantir a emoção da prova para a estreia da categoria motos e também para a passagem de UTVs, quadriciclos e carros 4×4 nas categorias Graduado, Turismo, Turismo Light, Passeio e Adventure. Entre os destaques da prova esteve a dupla de Venâncio Aires formada pelo casal Fernando Mees, na pilotagem, e Aline Bergmann, na navegação. Os dois conquistaram o quarto lugar e estão na vice-liderança da competição pela Turismo Light, categoria destinada aos iniciantes no esporte.

No total, os competidores percorreram 130 quilômetros de prova, sendo 56 de trecho cronometrado, passando por uma pista montada em uma serraria e por mais três fazendas da região. A prova organizada pelo diretor Alexandre Rech foi dividida em duas etapas e contou com mais de quatro horas de duração.

“Jaquirana é sempre uma etapa lotada de adrenalina e neste ano não foi diferente. A chuva que caiu durante a semana e durante a prova ajudou a dificultar ainda mais. As trilhas estavam bem molhadas e escorregadias, e assim é muito fácil de perder a direção do carro. No ano passado, o terreno muito molhado e liso nos tirou da prova na última etapa, quando não conseguimos sair de um atoleiro e tivemos que aguardar o apoio. Já neste ano conseguimos terminar a prova e ainda subir no pódio, o que foi uma surpresa, pois competidores de Santa Catarina estavam em peso em Jaquirana, e sabemos que lá esse esporte é bem mais conhecido e, consequentemente, eles contam com pilotos e navegadores mais experientes”, afirma Aline.

 

 

Fernando e Aline são um casal, mas na hora das provas o relacionamento é de trabalho. De acordo com eles, assim como na relação pessoal, no rally a confiança é muito importante. “Para nós serve como um momento neutro na relação. Na hora da prova é um piloto, uma navegadora e a planilha. Não é marido e mulher, é uma dupla de trabalho. Muitas vezes a teimosia atrapalha, mas aos poucos vamos entendendo mais o esporte e confiando um no outro, e isso é o que faz o sucesso no rally. O piloto precisa confiar no navegador, e vice-versa”, destaca a navegadora.

Em 2019 o Rally Trancos RS está rodando o estado realizando quatro provas em cidades características para o esporte off-road. A competição nasceu da tradicional Copa Trancos & Barrancos, que agora vai acontecer como evento especial em um final de semana na Serra Gaúcha, ainda com a data a ser definida. O Rally Trancos RS realizou a primeira prova do ano em Palmares do Sul e, depois de Jaquirana, segue para Piratini no dia 20 de julho e encerra em Passo Fundo no dia 30 de novembro. As inscrições para a próxima prova já estão abertas no site www.trecho1.com.br.

Desenvolvimento Social

Todos os eventos promovidos pela Trecho 1 contam com atividades sociais para envolver os competidores com a comunidade local. Em Jaquirana cada dupla inscrita fez a doação de dez quilos de alimentos não perecíveis que foram encaminhados ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do município.

O Rally Trancos RS tem supervisão da Federação Gaúcha de Automobilismo (FGA) e da Federação Gaúcha de Motociclismo (FGM). A organização é de Trecho 1 Eventos e Promoções e Associação de Pilotos de Passo Fundo (APPF). O patrocínio é de Troller Trilha Florauto, GS 4×4 Performance, Gratt Indústrias de Máquinas, DSTRAC Performance 4×4, Revenda Marr Sul Power Sports, Multital Factoring, Imóveis Crédito Real, A2M Motorsport V-trek, Q7 Off-Road, Tecnnic Eletrônica Industrial, Cooper Tires, Prefeitura de Palmares do Sul e Prefeitura de Jaquirana. O apoio é de Jeep Moto Clube de Palmares do Sul, Flosul Madeiras, Pampa Jipe Clube, D’primus Off-Road, Rotas e Trilhas, Equipe Trancos & Barrancos e Comunicação 4×4.

Texto: Aline Ben da Costa/Comunicação 4×4