• Hoje é: sábado, outubro 19, 2019

Doações de jornais e revistas serão convertidas em material escolar em nova campanha do Gabinete da Primeira-Dama

Olá Jornal
julho09/ 2019

O Gabinete da Primeira-Dama de Venâncio Aires prepara um novo projeto social para garantir kits de materiais escolares. A iniciativa será apresentada de forma oficial nos próximos dias. O objetivo é de recolher em pontos de coleta itens de papelaria para reciclagem. O material será destinado à Usina de Triagem de Lixo, que converterá os resíduos em itens escolares, ou seja, ao invés de efetuar a compra do material, a unidade repassará o material diretamente à Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social.

Segundo a assessora do Gabinete da Primeira-Dama, Núbia Fengler, o trabalho contará com recolhimento em pontos parceiros e espaços públicos. “Nossa proposta é de receber jornais, revistas e materiais de papel para levar até a reciclagem. A partir dos quilos arrecadados e destinados à usina de lixo, serão convertidos valores para a compra de materiais escolares. Esse processo será feito pela unidade, não receberemos recursos.”

A expectativa é de mobilizar a mesma rede organizada para recolher os donativos na Campanha do Agasalho. “Vamos incluir pontos para receber os materiais no comércio, prefeitura, secretarias e postos de saúde. Todos têm jornais e revistas que querem descartar, agora esse material retornará em itens escolares,” argumenta Núbia.
Além de jornais e revistas, o venâncio-airense poderá destinar para a campanha, caixas de papelão, cadernos usados, livros e materiais de papel em geral. Em média, segundo dados de empresas de reciclagem na capital gaúcha, para cada quilo de papel jornal, por exemplo, são pagos R$ 0,25. Para papelão o valor aumenta para R$ 0,40, em cada quilo.

VOLTA ÀS AULAS
Neste ano a campanha “Volta às aulas solidário” garantiu material escolar à 466 estudantes. Estes alunos garantiram kits, formados com cadernos, borracha, lápis de cor, régua e tesoura, entre outras coisas. As doações deste ano se uniram a outros 177 kits ainda em estoque na Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social. São alunos de baixa renda que solicitaram apoio da pasta municipal, a partir da campanha. Outros tiveram os nomes indicados pelas próprias escolas que frequentam.
O Gabinete da Primeira-Dama seguirá recebendo doações de materiais escolares. O objetivo é de manter ao longo do ano kits prontos para doações aos alunos da rede pública de ensino.