• Hoje é: quinta-feira, maio 23, 2019

Dia de paralisação no IFSul contra PEC 241/16

Janine Niedermeyer
outubro24/ 2016

Após Assembleia Geral que ocorreu na sede do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) – Seção IFSul, em 14 de outubro, em Pelotas, os servidores do IFSul campus Venâncio Aires se reuniram e decidiram aderir ao movimento, paralisando suas atividades ao londo desta segunda-feira, 24.

Por conta da votação em segundo turno, na Câmara dos Deputados, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016 anunciada para o início desta semana, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), em conjunto com diversas entidades e centrais sindicais, deliberou a realização do Dia Nacional de Lutas dos Servidores Públicos nesta segunda-feira, 24.

Haverá paralisações e atos nos estados, além de envio de representações a Brasília (DF) para pressionar os deputados a votarem contra a PEC que congela os investimentos sociais por 20 anos. A Comissão Especial que analisa a PEC 241 aprovou, na terça-feira, 18, a redação final da proposta por 21 votos a 7.

Agora, a matéria volta ao plenário da Câmara para votação em segundo turno. O objetivo da base do governo é votar a PEC a partir desta segunda-feira, 24. Caso aprovada, a proposta segue para o Senado.

O Dia Nacional de Lutas terá paralisações e mobilizações nos estados, organizadas por meio da unidade de servidores públicos federais, estaduais e municipais, movimentos sociais e outras entidades e centrais sindicais.

Programação no IFSul Venâncio Aires:

8h – Explanação das atividades e recepção aos alunos;

8h15min – O que são os Instituto Federais e qual sua importância?;

9h20min – Palco Livre (música, teatro, poesia…);

10h20min – Intervalo;

10h35min – Exibição de filme (1984);

13h15min – O que é a PEC 241 e quais suas consequências?;

14h25min – Apresentação cultural;

15h15min – Intervalo;

15h30min – Abraço coletivo em torno do campus;

16h – O que a MP 746 gera ao Ensino Médio?;

17h – Encerramento.

Foto: Maicon Nieland/ Olá Jornal