• Hoje é: domingo, julho 21, 2019

Dia de mobilizações e protestos em Venâncio e região

Olá Jornal
maio15/ 2019

Agricultores, estudantes e professores realizam mobilizações ao longo desta quarta-feira. O dia 15 de maio foi agendado para fomentar o debate sobre cortes na educação, mudanças na aposentadoria e pela valorização da agricultura familiar. Algumas ações iniciaram ainda nesta terça-feira, 14. Uma caminhada no centro de Venâncio Aires foi realizada por alunos e professores do campus local do Instituto Federal Sul-riograndense (IFSul). Congelamento orçamentário superior aos 30% atinge a manutenção das atividades nas escolas técnicas federais e universidades. As escolas de ensino médio, Cônego Albino Juchem (CAJ) e Monte das Tabocas também aderem as mobilizações em defesa da educação pública.

Servidores e alunos do IFSul realizam ato de mobilização e defesa da educação na manhã desta quarta-feira, na Travessa São Sebastião Mártir. Atividades também serão realizadas no domingo, 19, no centro de Venâncio. Alunos e professores realizam a primeira edição da Mostra de Produção do IF Nas Ruas da Cidade. A proposta é de mostrar para a comunidade as atividades, pesquisas e projetos desenvolvidos na escola federal.

Já em Santa Cruz do Sul ao longo desta quarta ocorre o 9º Grito de Alerta, que busca a valorização da Agricultura Familiar e contra a perda de direitos com a Reforma da Previdência.  São esperados 12 mil pessoas nos atos de mobilização que pretendem alertar a comunidade e os agricultores sobre perdas para os produtores familiares, em especial se o texto atual da reforma ser aprovado. As atividades são organizadas pela Federação dos Trabalhadores da Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag-RS). De Venâncio Aires seis ônibus organizados pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) participam da atividade.