• Hoje é: quarta-feira, junho 19, 2019

CPFL Energia assume a operação da AES Sul

Janine Niedermeyer
novembro01/ 2016

A CPFL Energia, maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, concluiu nesta segunda-feira, 31 de outubro, a compra da distribuidora gaúcha AES Sul do grupo americano The AES Corp. Com isso, a CPFL Energia assumiu a operação da concessionária, que passa a se chamar RGE Sul. A aquisição encerrada hoje está em linha com o planejamento estratégico do Grupo CPFL, fortalecendo a sua posição de liderança no segmento de distribuição de energia elétrica no País.

“A compra da AES Sul mostra a disposição da CPFL Energia em liderar o movimento de consolidação do setor elétrico, com foco na excelência operacional, na disciplina de capital, na gestão eficiente de custos e na criação de valor para os stakeholders. Temos uma plataforma corporativa integrada que está preparada para trilhar uma trajetória de crescimento no setor, possibilitando que o Grupo aproveite as novas oportunidades de expansão”, afirma o presidente da CPFL Energia, Andre Dorf.

Pelos termos da operação, a CPFL Energia irá pagar R$ 1,7 bilhão à The AES Corp. pela compra da AES Sul e assumirá R$ 1,1 bilhão em dívidas da concessionária, de modo que o valor final do negócio é de R$ 2,8 bilhões.

O Grupo CPFL já negociou com instituições financeiras a captação de recursos para financiar a aquisição, que serão complementados com o dinheiro em caixa da companhia. A aquisição não irá implicar em quebra dos limites de alavancagem financeira do Grupo.

A partir de agora, a CPFL Energia terá 120 dias para substituir toda a identidade visual dos ativos da AES Sul para a nova marca RGE Sul. No curto prazo, essa será a única mudança percebida pelos clientes da concessionária, uma vez que todos os serviços prestados atualmente serão mantidos, tais como fatura por e-mail e débito em conta corrente. A operação também não implicará em mudanças nas tarifas de energia atualmente praticadas pelas AES Sul.

Fonte: Imprensa da RGE