Cooprova projeta ampliação de espaço da feira rural e atração de novos produtores

Olá Jornal
janeiro29/ 2021

O ano de 2020 foi de desafios para diversos segmentos, afetados pela pandemia. Um deles é o setor primário que possui importante fonte de renda vinda da venda de alimentos para as escolas por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Agora, a alternativa de renda para produtores rurais é a venda direta, e parte para os kits alimentares de programas federais. Para 2021, a Cooperativa de Produtores de Venâncio Aires (Cooprova), que administra a feira de produtos agrícolas, pretende ampliar o número de produtores e garantir mais espaço.

Apesar de contar com venda de produtos da agricultura familiar ao longo da semana no espaço da feira, a diretoria da Cooprova, pretende atrair novos associados para o local, e ampliar a gama de produtos ofertados. “Temos produtores associados com produtos ao longo da semana, nas sextas e sábados são os principais dias de vendas, mas queremos consolidar a feira todos os dias, por isso estamos convidando novos produtores a expor os produtos durante a semana,” destaca vice-presidente da Cooprova, Mônica Moraes.

A comercialização de produtos teve redução também em função da diminuição do vale-feira, pago os servidores públicos. “Em função da pandemia o uso do vale diminuiu. A feira já está consolidada e queremos ampliar as mercadoria disponibilizadas ao longo da semana,” argumenta.

AMPLIAÇÃO
O local da Feira do Produtor também deverá ganhar mais espaço. Ainda no ano passado o Governo Municipal autorizou a utilização de mais espaços do prédio. O atual prefeito, Jarbas da Rosa (PDT), também garantiu expansão do local. Com isso, a feira ganhará novas áreas para a comercialização de produtos.

HISTÓRICO
Desde outubro de 2017 a Cooprova é a entidade responsável pela gestão da feira. A iniciativa buscou dar mais visibilidade aos produtos locais da agricultura familiar, bem como, garantir melhorias na área de atendimento. Criado em julho de 2018, o vale-feira foi incluído nos programas de auxílio do funcionalismo, junto com o vale-alimentação. Mensalmente o Município repassa R$ 25 mil, divididos entre os servidores, que só podem ser utilizados no espaço da feira rural. Em dois anos foram aplicados mais de R$ 500 mil.

Olá Jornal
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com