Contratações diminuem no maior setor empregador de Venâncio

Olá Jornal
janeiro27/ 2020

A indústria da transformação, maior empregador de Venâncio Aires, está com menos contratações. O setor onde estão inseridas as indústrias de tabaco contratou 162 pessoas a menos em 2019 (8.093), comparado ao ano anterior (8.255). Em 2018 o número de admissões também reduziu mas de forma drástica com 502 contratações a menos que em 2017 (8.757). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Mesmo assim, o setor mantém a liderança disparado em relação aos demais. Foram 8.093 admissões e 7.968 desligamentos, com um saldo positivo de 125 postos de trabalho. Em 2018, o setor havia encerrado o ano com saldo negativo de 116 empregos.

O segundo setor que mais empregou foi o de serviços com 1.677 contratações e 1.669 demissões, um saldo positivo de oito vagas. Em terceiro lugar está o comércio com 1.535 admissões e 1.492 desligamentos, com saldo positivo de 43 empregos.

Venâncio Aires fechou o ano de 2019 com saldo geral de 138 vagas de trabalho. O desempenho foi melhor do que 2018 quando o ano encerrou com saldo de 96 empregos. O ano de 2019 teve 11.673 admissões (19 a menos que 2018) e 11.535 desligamentos (61 a menos que 2018).

DEZEMBRO

Já o mês de dezembro de 2019 teve saldo negativo de 504 empregos, com 343 contratações e 847 demissões. O desempenho foi pior que o do ano passado quando o saldo geral foi também negativo mas em 304 vagas.