• Hoje é: quarta-feira, novembro 21, 2018

Confira a coluna do Olávo deste sábado, dia 15 de setembro

Olá Jornal
setembro15/ 2018

SEM GRANDES RENOVAÇÕES
Tudo indica que a corrida por uma vaga na Câmara dos Deputados não será de mudanças. Com campanhas mais baratas e sem doações à rodo, como ocorreu em 2014, a tendência é de que permaneçam em Brasília nomes já conhecidos. Isso porque, os candidatos à reeleição também são os que possuem maior financiamento do fundão partidário. Já os novos, enfrentam dificuldades para custear a campanha. Isso tem ocorrido também para os nomes que buscam uma cadeira na Assembleia Legislativa. Salvo alguns que firmaram parcerias com nomes conhecidos dos partidos. Tomara que esta previsão esteja errada, porque é importante uma renovação maior. Mas a tendência, não é essa.

NOVOS RUMOS
A busca por novos mercados na Alliance One faz parte de uma nova fase da companhia multinacional. Por enquanto, no Brasil o nome seguirá o mesmo, já que a divisão para os negócios de fumo em folha manterá a marca. A parte internacional, que comandará o grupo adota o nome de Pyxus, desde o início da semana. A mudança também altera quadros da empresa na América Latina. Além disso, poderá garantir novas oportunidades de negócios na área agrícola. Não só a produção de tabaco, o mercado de cannabis e até produtos para alimentação entram nos produtos gerenciados pela companhia. Com certeza os resultados já aparecem, com ações na Bolsa de Nova Iorque em alta desde o anúncio oficial das mudanças.

CONTROLE DO TABACO
Dias antes da Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (COP8) começam a pipocar informações sobre prejuízos causados pelo cigarro. Nesta quinta-feira, 13, o Ministério da Saúde divulgou que mais de 10% da população brasileira fuma. Tomando como base o relatório The Tobacco Atlas (ou Atlas do tabaco), o brasileiro fuma, em média, 333 cigarros por ano. Considerando que um maço de cigarro possui 20 unidades, seria o equivalente a 17 maços ou pelo menos R$ 170 gastos no vício anualmente, representando 18% do salário mínimo atual. O Brasil está em 11º no ranking de consumo de tabaco na América Latina. Os argentinos lideram no consumo per capita de cigarro, com pelo menos 1.176 unidades ao ano, ou 59 maços. Em seguida no ranking está Uruguai (899 cigarros per capita, ou 45 maços), Chile (769 unidades, ou 39 maços), e Honduras (470 cigarros, ou 24 maços).

PREFEITO VAI
Por falar em COP8, na última segunda-feira, 10, a Câmara de Vereadores aprovou o pedido de afastamento do país, do prefeito Giovane Wickert. O gestor participa de comitiva de prefeitos que acompanharão a COP em Genebra na Suíça, entre os dias 1º e 06 de outubro. As despesas serão pagas pela Amprotabaco. Outros dois prefeitos do Sul do país também participam do evento global. Nesse período, a presidente da Câmara de Vereadores, Sandra Wagner comandará o município pela segunda vez, já que o vice Celso Krämer ainda estará em campanha.