• Hoje é: quinta-feira, outubro 18, 2018

Confira a Coluna do Olávo deste sábado, 18 de agosto

Olá Jornal
agosto18/ 2018

GESTÃO PRIVADA
A aposta do Governo Municipal para diminuir despesas e garantir serviços públicos adequados passa pela formalização de parceiras com a iniciativa privada. O modelo não é novo, porém, pouco usual no Rio Grande do Sul, o que já demostra as amarras burocráticas do Estado. Em Venâncio Aires já está em andamento a Parceira Público-Privada voltada para o gerenciamento da iluminação pública. Nesta semana a Administração Municipal abriu processo de licitação para escolha de entidade que fará a gestão da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) no bairro Brands. Assim, Venâncio entra para a lista das poucas cidades que estão utilizando os métodos da concessão de serviços para garantir a funcionalidade de segmentos do poder público. Ainda está em avaliação a proposta de terceirizar os atendimentos dos postos de saúde, que ainda não foram abertos. O Município alega condições financeiras adversas para efetuar a contratação de servidores públicos.

PATRIMÔNIO DOS CANDIDATOS
A transparência nas candidaturas é um ponto de destaque, a cada pleito eleitoral ganha novas ferramentos e formas de acompanhamento. Cada eleitor precisa acompanhar a prestação de contas dos seus candidatos, além das declarações de despesas. É uma forma de fiscalizar também os postulantes a cargos públicos. Os candidatos de Venâncio Aires somam R$ 4,3 milhões em patrimônio. Mas o mais interessante é a forma de declaração do patrimônio de alguns. A pergunta que fica é, será que venderiam os bens por valores declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em caso positivo, conheço pessoas que comprarão casas, carros e terrenos a preços bem em conta.

TABACO EM DEBATE
As lideranças da cadeia produtiva do tabaco se preparam para acompanhar a 8ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco(COP8). A participação dos prefeitos busca garantir força política nas discussões em Genebra, Suíça. Em pleno período eleitoral, a participação de deputados foi fragilizada. A expectativa é de garantir com os gestores municipais a força e defesa que a produção de tabaco precisa para mobilizar o governo brasileiro durante os debates no evento realizado pela Organização Mundial da Saúde. O prefeito de Venâncio Aires, Giovane Wickert (PSB) participa da conferência representando a Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco).

CANDIDATOS PARA TODOS OS LADOS
Mais de 23 mil candidatos a presidente, governador, senador e deputado federal, estadual e distrital vão disputar os votos de 147,3 milhões de eleitores brasileiros, segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O PSOL foi o partido que lançou o maior número de candidatos a governador, seguido do PSTU e do PT.

TRISTE REALIDADE
A taxa composta de subutilização da força de trabalho teve ligeiro recuo de 24,7% no primeiro trimestre de 2018 para 24,6% no segundo trimestre do ano, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) trimestral. O resultado equivale a dizer que faltava trabalho para 27,636 milhões de pessoas no país no segundo trimestre deste ano. O Brasil alcançou o recorde de 4,833 milhões de pessoas em situação de desalento no segundo trimestre de 2018, o maior patamar da série histórica, desde 2012. O termo representa aquelas pessoas que desistiram de procurar emprego.