Coluna do Olávo desta quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Olá Jornal
janeiro13/ 2021

Frente para Infraestrutura
Neste início de nova legislatura os vereadores de Venâncio Aires já projetam a criação das chamadas frentes parlamentares. O objetivo destas comissões é de propor debates e liderar ações no Legislativo Municipal sobre temas sugeridos pelos vereadores. Três frentes já estão nos planos dos parlamentares. A primeira delas em Defesa do Desenvolvimento Rural. A segunda em destaque na edição desta quarta, em Defesa do Serviço Público e nesta segunda-feira, 11, o vereador Renato Gollmann propôs a criação da Frente Parlamentar da Infraestrutura. O objetivo da comissão é de acompanhar o andamento de obras e aplicação de recursos conquistados pelo Município.

Primeiro embate
As reuniões da Câmara de Vereadores mal iniciaram em 2021 e já ocorreu o primeiro embate entre vereadores da situação e oposição. Gerson Ruppenthal (PDT) líder do governo, criticou após dez dias do novo mandato, pedidos de providência encaminhamos por vereadores que até então estavam no Governo. É o caso de Sandra Wagner (PSB) e Renato Gollmann (PTB), que solicitaram reparos em pavimentação, instalação de academias e mudança de parada de ônibus. Além disso, Ruppenthal também questionou o estado do parque de máquinas, ponto que gerou embate com vereadores do PTB, que estavam na liderança das secretarias e Infraestrutura e Desenvolvimento Rural. O telhado de vidro mudou de lado, mas as pedras seguem em todas as mãos. As sessões prometem embates acalorados, já que a maioria governista tem oito parlamentares e a oposição conta com sete, um voto de diferença.

Água
Há pelo menos 10 anos se fala em Venâncio Aires da necessidade por alternativas na captação de água. A cada nova seca, a situação do Arroio Castelhano volta ao debate. É chegada a hora das forças políticas do município buscarem a concretização dos planos de alternativa para o abastecimento. O assunto não pode morrer com a regularidade das chuvas. A própria Agência Nacional de Águas (ANA) já aponta essa necessidade. Caberá aos nossos políticos mostrarem a força e diplomacia que têm para garantir que este projeto saia do papel.

COVID-19
A alteração nos protocolos de atendimento para pacientes suspeitos de COVID-19 em Venâncio busca diminuir a circulação de pessoas em postos de saúde e consultórios. Há relatos de pacientes suspeitos que não tiveram análise do caso para suspeita de Coronavírus, foram para casa e retornaram ao Hospital com saúde mais debilitada, necessitando de internação. A mudança busca garantir no primeiro atendimento para suspeitos, utilização de medicação adequada, com o objetivo de diminuir os efeitos da doença no organismo. A proposta também é de evitar ocupação de leitos tanto de UTI quanto de observação, por conta da doença. A resposta mais rápida é um dos objetivos da nova gestão da Secretaria Municipal de Saúde, com atualização dos protocolos de atendimento.

Paraguai e o tabaco
O Paraguai dá os primeiros passos no combate ao tabagismo, 15 anos após a ratificação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, da OMS. A aprovação da Lei Antifumo, relatada em matéria nesta edição, demonstra uma mudança de posição do país que hoje é a principal origem dos cigarros ilegais no Brasil cujo mercado já está em 57%. Aprovar o Tratado de Combate ao Comércio Ilícito é a principal meta em um horizante distante, uma vez que o projeto não avança no Congresso. Pressionar a aprovação com medidas de saúde é a estratégia do governo paraguaio que conta com toda a expertise do Brasil, considerado referência no assunto. Os brasileiros têm ajudado os hermanos a partir de acordo de cooperação, mostrando os caminhos já percorridos por aqui.

Olá Jornal
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com