Cleber e Melissa se movimentam por um mundo melhor

Janine Niedermeyer
setembro29/ 2016

A contar do que podemos chamar de uma pré-carreira acadêmica, Cleber Quadros e Melissa Souza estão há quase dez anos ajudando a empurrar nosso planeta por um caminho melhor. Os dois foram exemplos práticos trazidos pelo Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), para abertura oficial da V Mostra Venâncio-airense de Cultura e Inovação (Movaci).

Os jovens que lá em 2007 eram estudantes do curso de Mecatrônica do IFSul Charqueadas desenvolveram ao longo da experiência educacional na instituição, projetos práticos e de impacto social, em muitos casos pouco oportunizados em outras escolas públicas.

Convidados pelo diretor-geral do campus de Venâncio, Cristian Oliveira da Conceição (que foi professor da dupla na época) para palestrar na abertura na noite desta quarta-feira, 28, Cleber e Melissa hoje são replicadores do que aprenderam e desenvolveram para outras gerações de jovens.

A explanação da dupla foi voltada a demonstrar o quão as feiras científicas são importantes no desenvolvimento de experiências técnicas e práticas, aquisição de novos conhecimentos e novas culturas.

Melissa, por exemplo, na época integrando um Grupo de Estudos do Meio Ambiente (Gema) do IF Charqueadas se projetou a partir da 1ª Mostra de Ciências e Tecnologias (Mocitec), para outras feiras, como a Mostratec em Novo Hamburgo e a Intel Isef – Feira Internacional de Ciências e Engenharia, que levou a jovem aos Estados Unidos.

Já Cleber Quadros, que hoje é docente do IFSul Pelotas, segue evoluindo seu projeto do óculos-mouse (para deficientes visuais), desenvolvida lá no período de estudos do ensino médio no campus e que até mesmo projetou ele e outros dois colegas a participação no programa do Domingão do Faustão da TV Globo, onde levaram o 1º lugar do quadro Domingão da Invenção em 2010.

A abertura da V Movaci também teve a presença da vice-reitora do IFSul, Janete Ott e a apresentação da banda Magnus, formada por alunos do IFSul de Venâncio Aires.

Essa história completa confira na edição do Olá Jornal de sábado, 1º de outubro!

Foto: Maicon Nieland/ Olá Jornal