• Hoje é: sexta-feira, novembro 22, 2019

Chuva salva a lavoura de Venâncio Aires

Olá Jornal
março06/ 2018

A chuva registrada na tarde desta terça-feira, 06, salvou a lavoura da Capital do Chimarrão de uma quebra de aproximadamente 25%. As culturas mais afetadas seriam o milho Safrinha e a soja. De acordo com o chefe do escritório local da Emater/ASCAR, Vicente Fin, essas culturas teriam perdas significativas com mais uma semana sem chuva. “Elas enfrentam dificuldades de se desenvolver. A soja por exemplo, plantada em dezembro e janeiro, está em fase de floração o que prejudica a próxima fase”, explica.

Ele explica que o índice é resultado da irregularidade da chuva no período, com intervalo de 20 dias em algumas regiões. Mesmo com a mudança do tempo, Fin projeta uma perda entre 5% e 8% no geral. “Essa perda é irreversível”, avalia.

PREVISÃO

Mas os dias de chuva estão contados. A partir desta quarta-feira, 07, o ar mais seco ingressa no território gaúcho e firma o tempo na Região. Por conta disso, o sol aparece com nebulosidade variável no decorrer do dia. As temperaturas ficam um pouco mais agradáveis. (Fonte: Centro de Informações Hidrometeorológicas da Univates)