• Hoje é: quinta-feira, junho 20, 2019

Centro de Especialidades Médicas do Cisvale deve agilizar consultas em Venâncio

Olá Jornal
julho21/ 2018

Após a entrega do prédio do Centro Regional de Especialidades Médicas (CREM), construído pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale), a expectativa é de iniciar os atendimento ainda neste segundo semestre. Para Venâncio Aires o ganho será de agilizar consultas com médicos especialistas. Atualmente o município já mantém convênios e possui na rede básica profissionais especializados. Com o novo espaço regional, a expectativa da gestão municipal é de garantir atendimentos mais rápidos e com potencial para melhorar atendimentos exclusivos, para pacientes que necessitem de suporte especial.
É casos de profissionais voltados às áreas de dermatologia e ortopedia, que por vezes possuem maior demanda na rede municipal, que poderão garantir atendimento mais rápido pelo CREM. Aliado a isso, serviços de fisioterapia também poderão garantir maior número de atendimentos, já que o espaço do Cisvale contará com área específica para este tipo de suporte.
O Centro Regional de Especialidades ainda está em fase de equipação. O investimento superior aos R$ 2 milhões contou com emenda parlamentar de Heitor Schuch (PSB). O local terá capacidade para realizar até 500 consultas por dia, com uma área de abragência de 13 municípios, que fazem parte do consórcio.
Para o secretário municipal de Saúde, Ramon Schwengber, o CREM garantirá o suporte e complemento aos atendimentos já prestados pela rede pública municipal. “Teremos condições de ampliar atendimento e agilizar quando necessário. Hoje a nossa demanda é por serviços de média e alta complexidade, por isso o Centro Regional vem para suprir demandas e dar rapidez ao serviço público de saúde.”

APOIO
O gestor destaca que a Venâncio Aires possui capacidade instalada na rede pública para atender as consultas de especialistas médicos. “Seguidamente a prefeitura abre processos para a contratação de profissionais ou clínicas, no caso da fisioterapia. Estamos atentos a este tipo de necessidade e contar com um amplo local de consultas será fundamental para melhorar os encaminhamentos,” explica Schwengber.