• Hoje é: quinta-feira, outubro 17, 2019

Centro de Convivência para a Assistência Social é projetado pela Prefeitura

Olá Jornal
setembro27/ 2019

A criação de um espaço voltado ao atendimento complementar do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é projetado pela Administração Municipal. O projeto está em análise no Ministério da Cidadania e poderá ter investimentos de R$ 505 mil. O projeto busca atender 30 jovens e adolescentes por turno, que já integrem a rede de atendimento da assistência social do município. O projeto ainda está em análise junto ao Governo Federal.

O Município aguarda a confirmação do projeto para ser colocado em prática no município. Segundo a assistente social da prefeitura, Daiane Führ, o centro permitirá ações de forma complementar às ações já desenvolvidas pelo Cras. “Será um espaço para atividades complementares ao Cras. É uma forma de ampliar as ações de acolhimento dos jovens com oficinas e atividades no contra turno.”

Entre os objetivos do centro está o de estimular e viabilizar o acesso de indivíduos ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de vínculos, espaços de convívio comunitário e social, favorecer o desenvolvimento de atividades intergeracionais, possibilitar a superação de situações de fragilização social vivenciadas pelos usuários dos serviços de assistência social. O espaço poderá atender todos os públicos e faixas etárias.

Não há expectativa para análise da proposta por parte do Ministério da Cidadania. O Governo Municipal espera obter retorno sobre a demanda até o fim do ano, para iniciar as obras ainda em 2020.