• Hoje é: terça-feira, outubro 15, 2019

Campanha do agasalho beneficia mais de 70 famílias de safristas da China Brasil Tabacos

Já é tradição. Quando a estação mais fria do ano se aproxima, a solidariedade entra em ação na China Brasil Tabacos (CBT). Através de uma campanha interna de arrecadação de agasalhos, mais de 1,2 mil peças de roupas e calçados foram redistribuídas entre os 72 empregados safreiros que se cadastraram para receber as doações.

A iniciativa é promovida anualmente pelos integrantes do programa de voluntariado corporativo da empresa, denominado Abraço Solidário, que organizam e fazem a divulgação interna da campanha. Além disso, eles aproveitam os horários de intervalo para realizar a contagem, triagem e separação das doações para os bazares de distribuição. “A campanha do agasalho cria um clima de solidariedade e envolve muitas pessoas, em prol de um único objetivo: contribuir para um inverno menos rigoroso”, ressalta Jussara Wildner, uma das coordenadoras do projeto na CBT.

Schlosser escolheu peças para toda a família

Para cada inscrito foram disponibilizados 17 itens, incluindo roupas infantis para funcionários com filhos até 14 anos. Entre as peças, blusões em lã, produzidos pelo grupo de tricoteiras voluntárias do Programa. Em sua quarta safra trabalhando na empresa, Délcio José Schlosser aproveitou a iniciativa e escolheu agasalhos para a esposa e para o filho de 07 anos. “Ajuda bastante. Nos anos anteriores também participei e recebi roupas que minha família usa até hoje”, revelou Schlosser.

ABRAÇO

Os funcionários da China Brasil Tabacos e da Alliance One Brasil desenvolvem o programa de voluntariado corporativo Abraço Solidário, iniciativa que promove ações de responsabilidade social através do capital humano e do uso consciente dos recursos disponíveis, visando ao bem-estar dos empregados e da comunidade. O projeto é promovido desde 2008 e, atualmente, conta com a participação de 200 voluntários ativos nas duas empresas. Acompanhe as novidades no blog: www.souabracosolidario.blogspot.com.br.

Grupo de voluntários organiza a campanha anualmente

CRÉDITO: AI/ CBT