Câmara de Vereadores indica repasse de R$ 200 mil para o HSSM

Olá Jornal
fevereiro06/ 2020

Na manhã desta quarta-feira, 05, os vereadores membros da mesa diretora Helena da Rosa, presidente; Ana Cláudia do Amaral Teixeira, vice; e Nelsoir Battisti, 1º Secretário estiveram reunidos no Hospital São Sebastião Mártir com o Presidente da instituição Luciano Spies; com a Contadora, Cristina Steffens; e o secretário e membro da diretoria,
Juliano Angnes para falar da vontade de repassar o montante de R$ 200 mil em sobras orçamentárias à instituição. A equipe demonstrou interesse e ficou feliz com a notícia.

Os vereadores ressaltaram que gostariam que uma parte dos R$ 200 mil seja utilizada na contratação de uma consultoria, e o restante, na continuidade do plano de recuperação do hospital.  “A população nos cobra transparência, quer ver os resultados destes repasses”, enfatizou Helena, destacando que este é o objetivo de contratar o serviço.

“Fizemos um levantamento de empresas que já executaram este tipo de trabalho em hospitais renomados do estado”, explicou. “Queremos dar prioridade para a saúde, porque todo o valor investido em saúde é o mais democrático, principalmente no hospital, porque quem usa o hospital é quem realmente precisa. E a gente tem esta consciência”, enfatizou Ana Cláudia sobre a importância de investir em uma consultoria que possa apontar a causa e buscar soluções para o problema do hospital.

Helena da Rosa lembrou que quando a mesa diretora estava sendo formatada, no início de dezembro de 2019, em reunião com os demais vereadores que apoiaram e votaram na chapa de Helena, foi firmado o compromisso de repassar recursos que sobrassem da Câmara, para o hospital. “A ideia foi apoiada de forma unânime, tendo em vista o momento delicado pelo qual passa nosso hospital e combinamos que a primeira sobra seria destinada à Casa de Saúde”, lembrou Helena.

Para encerrar, os vereadores se comprometeram a fazer indicações de repasses à instituição na medida do possível, tendo em vista que o prédio da Câmara precisa passar por reformas urgentemente, e isto vai acarretar em despesas. “Temos uma reforma grande para fazer na estrutura da Câmara porque envolve a segurança nossa, dos funcionários e da população, especialmente tendo em vista que o plenário é cedido para instituições com grande frequência e por isso não pode apresentar riscos”, lembrou a presidente.

A indicação de repasse dos R$ 200 mil aos Hospital São Sebastião Mártir deve feita ao Executivo ainda no mês de fevereiro.

CRÉDITO: AI CMVA