Biblioteca Municipal retoma atendimento com empréstimo agendado de livros

Olá Jornal
julho17/ 2020

Como alternativa ao público durante o período de isolamento social em virtude da pandemia do Coronavírus, a Biblioteca Pública Municipal Caá Yari desenvolveu um novo sistema de acesso para aqueles que queiram realizar a retirada de livros. Trata-se do empréstimo agendado, que tem como objetivo fornecer livros da biblioteca à população através de agendamento e que entra em funcionamento a partir desta segunda-feira, 20.

Fechado desde março, o local vinha apenas recebendo devoluções de livros. Agora, a partir dos meios como Facebook da Biblioteca, do telefone 2183-0262 e no e-mail pmvabiblioteca@venancioaires.rs.gov.br, a população que tem ficha de inscrição junto a Biblioteca, poderá novamente realizar a retirada de livros. Após a devolução, o mesmo ficará em um baú onde permanecerá por 72 horas, depois será realizada a higienização e ficará guardado por 14 dias. Todas estas diretrizes seguem orientações de cuidados a partir de recomendações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas.

Vale destacar que será possível a retirada de dois livros por pessoa, e que não serão realizados novos cadastros, e a renovação dos livros apenas será feita pelos mesmos acessos do agendamento.

Além disso, para auxiliar no processo de agendamento e escolha do exemplar, há um banner em destaque no site da Prefeitura de Venâncio Aires, no qual o interessado pode realizar uma pesquisa para saber se há o livro no acervo. Atualmente são mais de 20 mil exemplares na Biblioteca Pública Municipal e, destes, são 13.627 títulos, com 3.798 cadastros de leitores. O atendimento ocorre de segundas a sextas feiras, das 8h às 12h e das 13h30min às 18h.

Durante o período em que a Biblioteca esteve fechada, o local passou pelo processo de dedetização, descupinização e reformas no assoalho.

Livros novos

Neste mês de julho, a Biblioteca Pública Municipal Caá Yari realizou a compra de novos livros para o acervo. Em média, foram obtidos 30 livros, a partir de recursos obtidos com novos cadastros e multas.

CRÉDITO: Coordenadoria de Comunicação e Marketing PMVA

FOTO: Camila Sehn/AI PMVA

Olá Jornal