• Hoje é: sábado, outubro 19, 2019

Baixa procura pela vacina da gripe preocupa setor de imunização

Olá Jornal
maio10/ 2019

Neste fim de semana a Secretaria Municipal de Saúde de Santa Cruz do Sul confirmou um caso de morte por Gripe A. A notícia acende o alerta das autoridades para a baixa procura por vacinação nos postos de saúde. Em Venâncio Aires a expectativa era de chegar a terceira semana de campanha nacional de vacinação, com percentuais mais elevados em todos os grupos prioritários.

A coordenadora do setor de Imunizações de Venâncio Aires, enfermeira Carla Lili Müller, afirma que a pouca procura para vacinar contra a gripe acende um alerta, depois da confirmação de morte na região. “É preciso buscar a prevenção. Recomendamos que os grupos prioritários se dirijam aos postos de saúde e façam a vacina. A campanha é ampla e busca atender as pessoas mais vulneráveis.”

Segundo dados do Setor de Imunizações do Município, até o momento 52,4% das crianças (maiores de 6 meses e menores de 6 anos) foram vacinadas na cidade. Os trabalhadores da área da saúde atingiram o percentual de 64,3%. Grávidas alcança 74,2%, o segundo maior índice na atual campanha. Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) o índice é de 64,2%. Idosos, principal alvo da campanha, alcança pouco mais da metade da meta, com 54% vacinados. Já os professores e profissionais de educação estão com o maior índice de cobertura, com 86%.

“Chama atenção a baixa adesão dos idosos e do público-alvo das crianças, porque estão no grupo prioritário desde o início da campanha, que começou no dia 10 de abril,” ressalta Carla.

A estimativa de pessoas incluídas nos grupos prioritários para 2019 em Venâncio Aires é de 22.424.

ESTADO
O Dia D de vacinação contra a gripe mobilizou cerca de 500 mil pessoas no Rio Grande do Sul neste sábado, 04, que aproveitaram a data de abertura excepcional dos postos para a imunização. O movimento fez com que o total de pessoas vacinadas desde a abertura da estratégia aumentasse para mais de 1,8 milhão de pessoas, o que já representa 48% da população dos grupos prioritários.

NOVO DIA D
A Secretaria Municipal de Saúde avalia a realização de uma nova etapa de vacinação com a abertura dos postos de saúde no sábado. Nos dias de semana, a Sala de Vacinas, mantém atendimento especial, sem fechar ao meio dia.