• Hoje é: terça-feira, outubro 16, 2018

Assembleia Regional Ampliada define projetos para a Consulta Popular

Olá Jornal
junho07/ 2018

A cédula de votação dos projetos prioritários da Consulta Popular de 2018 será definida no próximo dia 12, terça-feira. A Assembleia Regional Ampliada inicia às 9h, na sala 101 da Universidade de Santa Cruz do Sul, e é promovida pelo Conselho Regional de Desenvolvimento do Vale do Rio Pardo (Corede/VRP).

Além da definição dos projetos que irão para a compor a cédula, ainda serão divididos os percentuais dos recursos que serão destinados aos eleitos. O Vale do Rio Pardo terá disponível o valor de R$ 2.902.629,78 pela Consulta Popular2018/2019.

O presidente do Corede VRP, Heitor Álvaro Petry, destaca que existe um alinhamento entre os delegados dos Comudes da região de que sejam incluídos os dez projetos mais votados na cédula nas assembleias municipais e deve existir um rateio entre os cinco projetos mais votados para serem contemplados com recursos.

“A definição da cédula e do rateio é importante para que possamos fazer a mobilização da comunidade para que votem nos projetos de seu interesse”, aponta Petry.

O encontro da terça-feira, dia 12, vai reunir além de Delegados eleitos nas Assembleias Públicas Municipais, a Comissão Regional da Consulta Popular e a Assembleia Geral Regional do Corede, todos com direito a voto. O coordenador estadual da Consulta Popular, Teonas Baumhardt, também estará presente para participar das definições. A votação da Consulta Popular está prevista para os dias 26, 27 e 28 de junho.

CENTRO-SERRA

Os cinco projetos mais votados nos oito municípios da microrregional do Centro-Serra foram:

1 – Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar;

2 – Reaparelhamento dos órgãos de segurança;

3 – Manejo e conservação do solo;

4 – Aquisição de veículo para a Saúde da Família;

5 – Apoio aos Arranjos Produtivos Locais e Programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural.

BAIXO VALE DO RIO PARDO

Os cinco projetos mais votados nos 15 municípios da microrregional do Baixo Vale do Rio Pardo são:

1 – Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar;

2 – Apoio aos Arranjos Produtivos Locais;

3 – Videomonitoramento e cercamento eletrônico;

4 – Ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde, vinculados ao SUS;

5 – Implantação de espaços pedagógicos que favoreçam a aprendizagem e Programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural;

CRÉDITO: Assessoria de Imprensa do Corede/VRP