• Hoje é: terça-feira, novembro 12, 2019

Asfalto em Santa Emília concluído até o fim de setembro

Guilherme Siebeneichler
agosto22/ 2016

Após atrasos na construção de uma nova ponte sobre o arroio São João, a pavimentação asfáltica entre Grão-Pará e Santa Emília entra na fase final. A previsão inicial era de concluir o investimento ainda em junho, entretanto, exigências de melhorias no projeto atrapalharam o cronograma. Desta forma, o principal investimento de infraestrutura realizado no interior segue sendo executado e deve ser entregue no fim de setembro.

A primeira etapa do projeto Pac dos Frigoríficos, que propõe a pavimentação das principais ligações viárias das unidades abatedoras, iniciou na metade de 2014. A camada asfáltica já é realidade de todo o trecho de 5,9 quilômetros e agora a empresa responsável pela construção da ponte trabalha na aplicação da última etapa da concretagem. “Após essa parte é preciso aguardar a secagem, que ocorre em 21 dias. Sendo assim, até o início de setembro esta ponte deverá ser concluída, daí teremos somente a sinalização e a aplicação do asfalto nesse trecho”, explica o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Celso Knies.

Entretanto, lembra que o cronograma só é possível com condições do clima favoráveis ao trabalho. “Ainda no verão tivemos um período de muita chuva, o que atrapalhou o andamento das obras. Depois foi necessário ajuste no projeto da ponte, o que atrasou o andamento. Agora, nossa expectativa é de entregar este investimento até o fim do próximo mês”, argumenta.

INVESTIMENTO

O valor total da obra é estimado em R$ 7 milhões, ligando a sede do 4º distrito, até a VRS-816, já pavimentada. A largura total da nova ponte seguirá as medidas adotadas em toda a área reformada, com 12m40cm, sendo oito metros para a pista de tráfego. A estrutura anterior possuía largura de cinco metros.

INAUGURAÇÃO

A Prefeitura prepara um evento inaugural do trecho pavimentado e espera a participação do governador José Ivo Sartori e de secretários estaduais, dentre eles o de Transportes, Pedro Westphalen. O investimento é apontado pelo prefeito Airton Artus como um dos mais importantes no desenvolvimento do polo da proteína, que pretende incentivar a produção de alimentos em território venâncio-airese, como forma de diversificação.