• Hoje é: terça-feira, dezembro 11, 2018

Ano começa com geração de 369 empregos em Venâncio Aires

Janine Niedermeyer
março04/ 2017

O mês de janeiro foi de saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada em Venâncio Aires. A constatação tem base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira, 3.

As ocupações que mais admitiram no primeiro mês de 2017 estão ligadas as indústrias do tabaco, como auxiliar de processamento de fumo, beneficiamento de fumo e operador de empilhadeira. Em janeiro foram 805 admissões e 436 desligamentos no município, gerando saldo de 369 empregos.

O número colocou a Capital do Chimarrão como o 6º município com melhor saldo no ranking gaúcho, com as 71 cidades com mais de 30 mil habitantes. O topo da lista tem Vacaria, com 5.732 admissões e 1.051 desligamentos, um saldo positivo de 4.681 empregos gerados com carteira assinada, em função da safra de maça, que atrai diversos trabalhadores.

Brasil

No País, pelo 22º mês seguido, mais pessoas foram demitidas do que contratadas com carteira assinada. Segundo o Caged, o Brasil fechou com 40.864 postos formais de trabalho em janeiro. O número leva em conta a diferença entre admissões e demissões.

A última vez em que o Caged registrou saldo positivo em todo território nacional foi em março de 2015, quando 19,2 mil vagas haviam sido criadas. Apesar do desempenho negativo em janeiro, o saldo foi melhor que no mesmo mês de 2015 e 2016, quando haviam sido extintas 99.694 e 81.744 vagas, respectivamente.

Ranking – 8 primeiros e saldo:
1º Vacaria – 4.681
2º Caxias do Sul – 726
3º Sapiranga – 599
4º Novo Hamburgo – 384
5º Parobé – 377
6º Venâncio Aires – 369
7º Capão da Canoa – 324
8º Santa Rosa – 319

Foto: Souza Cruz/ Divulgação