• Hoje é: quarta-feira, março 27, 2019

Amprotabaco sedia audiência pública em Santa Cruz do Sul

Olá Jornal
setembro04/ 2018

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados realiza, na próxima segunda-feira, uma Audiência Pública para discutir o acesso dos produtores ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e a participação do Brasil na 8ª Conferência das Partes (COP-8). O encontro ocorre no Pavilhão Central do Parque da Oktoberfest, no Centro de Santa Cruz, a partir das 14 horas. A Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco) é a anfitriã da audiência pública.

De acordo com o consultor executivo Amprotabaco, Dalvi Soares de Freitas, a intenção é que todos os municípios que são produtores de tabaco participem do evento. “Queremos somar forças com a Câmara, para manter o diálogo e a participação da Amprotabaco na próxima COP, marcada para outubro, na Suíça”, destaca Freitas.

De acordo com ele, a audiência pública será conduzida pelo deputado Federal Alceu Moreira (MDB), autor da proposta junto à Comissão da Câmara. “É mais uma oportunidade de aumentar a representatividade dos municípios nas discussões que tratam sobre o controle e proibição do tabaco no mundo”, acrescenta.

A audiência pública está marcada para as 14 horas da segunda-feira, 10 de setembro, e ocorrerá no Pavilhão Central do Parque da Oktoberfest, na Rua Galvão Costa, 755, Centro de Santa Cruz do Sul. Participarão também da audiência, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) e o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco).

Saiba mais

A 8ª edição da Conferência das Partes (COP-8) ocorre em Genebra, na Suíça, entre os dias 1º de 6 de outubro deste ano. O evento discute, a cada dois anos, as políticas públicas, em nível mundial, para a restrição da produção e consumo do tabaco.

A agenda prévia, já divulgada pela organização do evento assinala que o comércio ilegal de cigarro, inventivo à diversificação no campo e os novos produtos como o cigarro eletrônico estarão na pauta das discussões. A Amprotabaco busca uma participação na conferência, para poder ter acesso aos debates, mesmo que na figura de ouvinte participante.

CRÉDITO: AI Amprotabaco