• Hoje é: quarta-feira, novembro 21, 2018

Amprotabaco participa de audiência pública sobre rótulos de cigarro

Olá Jornal
outubro31/ 2018

Uma comitiva formada por prefeitos da Associação dos Municípios Produtores de Tabaco (Amprotabaco) participa nesta quarta-feira, 31, de uma audiência pública no Senado Federal. A pauta coloca em discussão o projeto de Lei 769/2015, de autoria do senador José Serra (PSDB), e visa restringir toda a publicidade nas carteiras de cigarro, criando uma embalagem “genérica”, sem referência à marca ou tipo de cigarro.

O encontro ocorre às 14 horas, junto a Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado Federal (CTFC), presidida pelo senador Ataídes Oliveira, também do PSDB.

Conforme o consultor executivo da Amprotabaco, Dalvi Soares de Freitas, o tema precisa ser acompanhado de perto, pois pode representar prejuízo à cadeia produtiva. “Por isso nós formamos uma comitiva que irá participar desta audiência. Queremos demostrar a força do setor nas economias municipais, que hoje mobilizam quase 150 mil famílias nos três estados do Sul”, reforça.

Segundo o consultor, em uma possível aprovação do projeto, a cadeia produtiva perderá competitividade, pois as carteiras “genéricas” irão favorecer o mercado ilegal. “Isso irá favorecer uma escalada ainda maior do contrabando. Nós queremos evitar isto, por isso a Amprotabaco participa de forma ativa nesta discussão.”

Além de Freitas, o tesoureiro da Amprotabaco, Giovane Wickert irá a Brasília acompanhado dos prefeitos de Boqueirão do Leão, Paulo Joel Ferreira, o prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Härter, Luiz Affonso Trevisan, prefeito de Sobradinho e Valdir José Rodrigues, prefeito de Segredo.